Gabriela Duarte fala sobre a Julieta de Orgulho e Paixão: “Sofreu muito na vida”

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Longe da TV desde que fez uma participação especial em A Lei do Amor (2016), Gabriela Duarte está de volta como a Julieta de Orgulho e Paixão, trama das 18h de Marcos Bernstein que estreou nesta terça-feira (20).

Orgulho e Paixão: Darcy e Elisabeta se beijam

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Está sendo surpreendentemente tranquilo [o retorno]. Hoje em dia, há uma nova organização na Globo. As novelas são pensadas com antecedência e isso representa um ganho enorme para todo mundo: produção, autor e atores. Além disso, Julieta é uma mulher forte e importante para a história, mas aparece de forma pontual. Então, consigo trabalhar bem a personagem, tem dado para pensar com cuidado nela. Faço meu trabalho com mais calma porque ela não entra em cena toda hora”, declarou a famosa à colunista Patrícia Kogut.

Orgulho e Paixão: Ofélia arma para Jane ficar próxima de Camilo

A atriz disse que o seu papel no enredo poderá ser visto como uma vilã no começo, mas que depois o público terá uma outra percepção. “Julieta tem atitudes muito duras neste início. O público depois saberá que ela sofreu muito na vida. A personagem se coloca para o mundo na defensiva, pois não quer que as pessoas conheçam o que existe dentro dela. Julieta criou uma carcaça por conta de seu passado, que teve um episódio de assédio sexual e um casamento por conveniência. Tudo isso a transformou numa mulher que tem posturas questionáveis, mas ela não é desonesta ou má”, concluiu Duarte.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio