Ex-funcionário da Globo leva mais de R$ 800 mil em processo e alega que Faustão causou o fim do seu casamento

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Renato Oliveira Cardoso, conhecido pelo apelido Renatinho e que foi diretor de palco do Domingão do Faustão por anos, venceu um processo movido contra a TV Globo no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), do Rio de Janeiro.

A justiça compreendeu
que a platinada não pagou integralmente algumas determinações que faziam parte
do contrato. Em agosto do ano passado, o cálculo feito pelo Tribunal Superior
do Trabalho (TST) estipulou a indenização em R$ 813.449,32. O valor já foi pago
para o profissional.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, Renatinho
disse ter sofrido danos morais por causa das brincadeiras que Fausto Silva
realizava ao vivo na atração. Os advogados destacaram que o comunicador o
chamava de mulherengo e que tinha sido noivo oito vezes.

Renatinho destacou que teve várias brigas com a mulher por causa dos comentários e que acabou se separando por causa disso. A justiça considerou que Renato não sofreu dano moral, mantendo só a condenação do canal, informou o UOL.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio