Estação Plural recebe a atriz e cantora Cida Moreira

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora, pianista e atriz Cida Moreira é a convidada de Ellen OlériaMel Gonçalves e Fefito no Estação Plural desta quarta (9), às 22h15, na TV Brasil. Durante o papo com o trio de apresentadores, a artista fala sobre sua trajetória, destaca episódios da carreira, discute se existe uma “alta” e uma “baixa” cultura e conversa sobre a sexualidade feminina. Nascida em 1951, em São Paulo, Cida Moreira conta que estreou nos palcos brasileiros na década de 1970. De lá pra cá, a discografia reúne mais de dez álbuns. Entre os mais recentes, estão os projetos em estúdio “A Dama Indigna” (2011) e “Soledade” (2015).

Com 40 anos de carreira, aa convidada conta como é envelhecer sendo artista, Ela compartilha seu olhar sobre o amadurecer nesse meio e afirma que o faz com serenidade. “Uma das coisas boas de você envelhecer sendo artista é que, na realidade, a sua definição das coisas não precisa de nenhuma resposta de fora mais”, explica ao refletir sobre as preferências. No bate-papo com Ellen Oléria, Fefito e Mel Gonçalves, Cida recorda seu trabalho como cantora e atriz. Em 2013, ela ganhou o prêmio de melhor atriz pelo filme “O que se Move”, no Festival de Cinema Lakino, em Berlim. O longa é uma combinação de drama com comédia musical.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: De Férias com o Ex Brasil ganha especial na MTV: A Treta Não Tira Férias

Os projetos na música também são abordados durante a entrevista. Cida Moreira conversa com o trio de apresentadores sobre as suas coletâneas e explica como se dão suas conexões musicais. O programa da TV Brasil traz a questão do ‘bom gosto cultural’ à tona. Um dos temas é Romero Brito: “É arte ou não? É mau gosto ou não”. O Estação Plural também provoca uma reflexão sobre o eterno debate entre ‘alta cultura’ e ‘baixa cultura’.

Ainda na pauta desta edição, um bem-humorado bate-papo sobre museu e memória: quem vive de passado é museu? No último bloco, Cida Moreira conversa com Ellen Oléria, Mel Gonçalves e Fefito sobre o projeto “Clitóri-se” e a respeito da sexualidade feminina. No desafio Aurélia, quadro do Estação Plural em que os convidados buscam descobrir o sentido de termos do universo LGBT, Cida Moreira tenta adivinhar o significado da palavra “oxanã” na linguagem pajubá.

Serviço:

Estação Plural – quarta-feira (9), às 22h15, na TV Brasil

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio