Em sua exibição original, Império teve a missão de levantar a audiência

Novela de Aguinaldo Silva conseguiu recuperar o público das 21 horas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2014, quando a novela Império estreou originalmente, a trama de Aguinaldo Silva teve a missão e alavancar a audiência da TV Globo, que estava meio em baixa na faixa das 21 horas, depois das dificuldades enfrentadas por sua antecessora, Em Família, de Manoel Carlos.

Escrita pelo aclamado novelista Aguinaldo Silva, autor de sucessos como Senhora do Destino, Fina Estampa e Duas Caras, entre outras, Império cumpriu seu objetivo e encerrou sua jornada em 2015 com sucessivos recordes, superando a novela anterior e deixando um caminho um pouco melhor para a sucessora, Babilônia, de Gilberto Braga.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, Império está de volta à tela da TV Globo, substituindo Amor de Mãe, na faixa das 21 horas, a partir desta segunda-feira (12). A reprise da trama de Aguinaldo Silva já está repercutindo entre os noveleiros porque o autor sempre apela para temas populares e já provou que sabe conquistar o telespectador com romance, intriga, vilões macabros e mocinhos sofridos.

Dirigida por Rogério Gomes, compõe o elenco de Império nomes de peso da dramaturgia nacional. Dividida em duas fases, na primeira os destaques ficam para Adriana Birolli, Chay Suede, Marjorie Estiano e Vanessa Giácomo, que vivem os protagonistas durante a juventude. Após uma passagem de tempo, Lilia Cabral, Alexandre Nero, Drica Moraes e Malu Galli assumem os personagens principais.

A história gira em torno do magnata José Alfredo (Chay Suede/Alexandre Nero), um homem poderoso e que fez fortuna com uma rede de joalherias. No passado, ele teve um caso com a esposa de seu irmão, Eliane (Vanessa Giácomo/Malu Galli), mas os dois foram separados após uma armação da vilã Cora (Marjorie Estiano/Drica Moraes). José Alfredo perde seu grande amor e acaba se casando com Maria Marta (Adriana Birolli).

Quase 30 anos depois, já milionário, José Alfredo é pai de três filhos: José Pedro (Caio Blat), Maria Clara (Andreia Horta) e João Lucas (Daniel Rocha). Com a chegada de mais uma suposta filha, a jovem Cristina (Leandra Leal), muita coisa pode mudar nessa família

Entre os destaques, há o personagem de José Mayer, um gay enrustido que mantém um caso com o jovem interpretado por Klebber Toledo. Outros dois personagens homossexuais, vividos por Paulo Betti e Ailton Graça, também movimentam a trama.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio