Em crise, BandSports “enxuga” programação pela metade

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A crise nas emissoras do Grupo Bandeirantes chegou a um ponto crítico no que compete ao BandSports. O canal pago começou a partir desta segunda-feira (4) a operar em esquema de ‘meio expediente’. Antes com cobertura 24 horas, a grade da rede por assinatura contemplará, de agora em diante, apenas 12 horas de programação ao vivo.

Na prática, isso significa que programas inéditos serão exibidos somente a partir na faixa entre o meio-dia e a meia-noite. Entre 0h e 12h, a BandSports exibe apenas reprises de atrações já veiculadas em outros horários. São os chamados “horários alternativos”. O esquema, é bem verdade, também é adotado por outros canais do circuito fechado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Jornal da Band estreia especial de reportagens sobre o Estado Islâmico

O programa Gol: O Grande Momento do Futebol, por exemplo, segue apresentando novas edições às 23h. Para depois, porém, reprisá-las na faixa da 1h30. Por sua vez o telejornal BandSports News contará com reapresentações em outros quatro horários – às 23h30, 4h, 6h e 7h. Isso além dos boletins ao vivo às 13h30 e às 16h.

O esvaziamento do BandSports é mais um reflexo do período delicado que vem atingindo todas as ramificações do conglomerado do empresário Johnny Saad. Até mesmo o sinal de TV aberta da Band foi fortemente afetado por essa crise. O repórter esportivo William Lopes, por exemplo, acabou demitido no mês passado em meio a esses desdobramentos, após dez anos de casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio