Elba Ramalho fala sobre Belchior e Palmirinha se reúne a Bela Gil no Conversa com Bial

Publicado há 3 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira, dia 28, o músico Belchior ganha uma homenagem especial de sua eterna amiga Elba Ramalho, além de seu irmão, Gilberto Belchior, e de seu biógrafo, Jotabê Medeiros. Na terça-feira, dia 29, é hora do sofá dar espaço às culinaristas Palmirinha Onofre e Bela Gil, que falam sobre a relação entre as duas, alimentação e o prazeroso ato de cozinhar. É assim que o ‘Conversa com Bial’ começa esta semana: com muito bom papo, música brasileira e água na boca, com direito a cozinha adaptada ao palco e Pedro Bial com a mão na massa.

No primeiro programa, Elba declara seu amor ao artista cearense, que faleceu em abril deste ano em decorrência de um aneurisma. “Belchior era um grande amigo. Um filósofo, um homem extraordinário, um músico imperdível”, comenta ela, que já foi considerada publicamente por Belchior a maior intérprete do universo nordestino. “A gente era muito amigo, tínhamos nossas noitadas nos anos 80. Tomávamos vinho, fazíamos música. Eu morava em Ipanema, um ponto de encontro de músicos e compositores, então nós conversávamos a noite inteira”, conta. Com a emoção e a saudade declaradas, Elba canta sucessos de Belchior e se emociona ao ouvir “Como Nossos Pais”, canção escrita por ele e que ganhou o circuito musical brasileiro na voz de Elis Regina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia seguinte, Pedro Bial recebe duas figuras icônicas da TV brasileira. De um lado, a famosa “comida de vó”, com doces, assados e muito carinho. Do outro, a comida como símbolo de saúde, transformação e ato político. Quem vê as apresentadoras Palmirinha Onofre e Bela Gil preparando receitas tão diferentes uma da outra, mal sabe a amizade que as duas nutrem por trás das câmeras e das cozinhas. No ‘Conversa com Bial’ desta terça-feira, dia 29, as chefs não poupam a admiração mútua. “Palmirinha sempre foi uma inspiração para mim”, diz Bela, que já acumula cinco temporadas do programa de receitas, especiais de fim de ano e um reality show culinário. A amiga, que possui 60 anos de culinária, responde à altura: “Quando assisto ao programa da Bela, vejo ela ir à horta, pegar ervas fresquinhas, salsinha, cebolinha… aquilo me atrai muito! Não consigo tirar do canal enquanto Bela está ensinando.”

Em clima descontraído, a filha de Gilberto Gil explica que os hábitos alimentares saudáveis vieram do pai, mas que se revolucionaram através do yoga. Segundo ela, foi com a atriz Fernanda Torres que decidiu se entregar à prática. “Nós viajávamos para Araras, em São Paulo, e eu a vi fazendo aquelas posições lindas. Ela me levou para uma aula e com o tempo meu corpo foi rejeitando naturalmente o açúcar e a carne. Acredito que o bem-estar está muito bem relacionado com o que a gente come”, analisa. Atualmente, além de ter importantes projetos de educação alimentar, a chef faz sucesso na internet com substituições inusitadas, que incluem melancia assada em vez de carne e até cúrcuma no lugar de pasta dental. “Lá em casa, quase todo mundo escova os dentes com cúrcuma. Minha dentista aprova, porque ela fala que o que importa é a parte mecânica”, diz.

Orgulhosa, Palmirinha diz que admira os hábitos saudáveis de Bela, mas que não conseguiria passar nem um mês sem açúcar. “Quando eu acabo de almoçar ou jantar, sempre pego uma colherzinha de doce de abóbora da geladeira. Meu único exercício físico é na cozinha: amassar pão, lavar louça, essa é minha ginástica todo dia”, brinca. Todo o trabalho e esforço renderam a Palmirinha o título de uma das maiores cozinheiras do Brasil, cuja carreira começou com apenas o dom de uma dona de casa aplicada, mas que se transformou em negócio frente às dificuldades. “O fogão me libertou. Me deu vida, prazer de viver e de ensinar para as pessoas que elas podem superar tudo o que elas não têm. Eu paguei a faculdade da minha filha e me mantive, tudo com a culinária”, diz. “Pensamos duas vezes para escolher e comprar uma roupa, mas no mercado a gente só chega e pega. Eu tento ensinar para as pessoas que em tudo o que fazemos devemos colocar amor e carinho”.

Exibido após o ‘Jornal da Globo’, ‘Conversa com Bial’ tem direção artística de Monica Almeida e direção de conteúdo de Ingo Ostrovsky.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais