Pesquisador fala sobre sucesso do K-pop no Conversa com Bial: “Explodiu pela internet”

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição de hoje (segunda-feira, 27) do Conversa com Bial, o apresentador Pedro Bial recebeu o pesquisador Ronaldo Lemos e a escritora Babi Dewet para falar sobre o sucesso do K-pop, ritmo musical coreano que mistura pop, hip hop e música eletrônica e vem fazendo a cabeça dos jovens em todo o mundo.

“[O K-pop] explodiu pela internet. Esse tipo de música ainda não toca na TV e na rádio tradicionais. Os discos não necessariamente são lançados no Brasil. O que acontece? As pessoas tomam contato com a cultura na internet e é explosivo”, analisou Lemos, citando também a quebra da indústria fonográfica como outro fator preponderante para a expansão do novo estilo musical.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Até o final dos anos 90, a indústria ia de vento em popa. A internet veio e bagunçou tudo. Ao bagunçar, abriu espaço para outras culturas pop emergirem. O K-pop aproveitou isso como ninguém, virou uma das principais formas de exportação da Coreia. A Coreia ganha muito dinheiro hoje exportando os seus artistas e essas músicas”, detalhou o especialista.

“A gente tem que lembrar que há 30, 40 anos a Coreia era um país pobre. O país teve um boom econômico e, a partir da década 90, começou a produzir uma cultura pop local. Nos anos 2000 essa cultura explodiu e começou cada vez mais a conquistar o mundo”, concluiu ainda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio