“Diziam que Torre de Babel podia não dar certo pela violência da trama”, conta Tony Ramos

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Viva, Tony Ramos falou sobre Clementino, seu papel em Torre de Babel, novela que volta a ser apresentada pelo canal pago a partir do dia 10 de outubro.

“Ninguém esperava um ator popular ser vilão. Era normal que as pessoas se assustassem com a violência daquela cena no primeiro capítulo (ele assassina a esposa com uma pá)”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ramos também comentou a respeito de sua relação com o autor da obra, Silvio de Abreu: “Ele é uma pessoa que admiro a coragem, sempre foi ousado. Entendo-o pelo olhar. Quando nos encontramos, sempre falamos que, na época, as pessoas diziam que ‘Torre de Babel’ podia não dar certo pela violência da trama”.

Susana Vieira leva dois foras de Miguel Falabella no Vídeo Show: “Não vou fazer!”

Por fim, o veterano tratou de Pai Herói, que ele protagonizou e entra no ar no dia 17 de outubro no Viva. “Quando li a sinopse da novela, fiquei encantado com o André. Uma novela que tinha 80 de audiência! Gravávamos no meio da rua, com população mesmo. Naquela época não tinha figurante. É glorioso mostrar isso”, afirmou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio