Deus Salve o Rei: Rejeitada pela nobreza de Cália, Amália consegue dar a volta por cima

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Deus Salve o Rei, Amália (Marina Ruy Barbosa) ficará extremamente insegura ao ser rejeitada pela nobreza de Cália, que se reunirá em Montemor devido ao evento promovido por Afonso (Romulo Estrela) a fim de pedir um empréstimo e salvar o reino das dívidas. Como se não bastassem os comentários maldosos sobre a plebeia não estar à altura do marido, Catarina (Bruna Marquezine) derramará bebida acidentalmente em seu vestido.

Ao se trocar com a ajuda de Diana (Fernanda Nobre) e Constância (Débora Olivieri), ela desabafa: “É óbvio que Catarina derrubou vinho de propósito! Desde que essa visita dos reis começou, ela tem feito de tudo para me humilhar”, então a mãe resolve aconselhar sua filha: “Tem muita gente torcendo para que você falhe, minha filha. E não é só Catarina. Eu vi o jeito como aquelas rainhas tratam você.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Deus Salve o Rei: Amália desconfia do acordo feito entre Catarina e Otávio

Irritada, Amália diz que sua vontade é dizer verdades a todas as rainhas que falaram mal dela. “Você não vai fazer nada disso! Você vai agir com inteligência. Enfrentar essas provocações de forma elegante e educada. A melhor vingança contra Catarina e contra esses nobres é não se deixar atingir!”, diz Constância, e Amália decide ser superior a todos que lhe torcem o nariz: “Vocês têm razão. Vou voltar para aquele salão de cabeça erguida. Nenhum deles é melhor que eu!”

Ao voltar para o jantar, Amália ficará incomodada ao sentar-se longe de Afonso mas logo descobrirá que trata-se de uma etiqueta real para que ambos os anfitriões possam interagir com os convidados. A plebeia tirará de letra então as perguntas que outros reis lhe fazem, demonstrando pleno conhecimento sobre Cália.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais