“Criaram esse monstro, mas a fama não faz jus”, diz Marcos Mion sobre diretor de A Fazenda

Publicado há um ano
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rodrigo Carelli tem sob seu guarda-chuva uma grande equipe por conta de A Fazenda, Power Couple, Dancing Brasil, The Four, Canta Comigo, Top Chef e Batalha dos Confeiteiros, todos realities que ele comanda na Record TV.

Ex-apresentadores de A Fazenda, Roberto Justus e Britto Jr. ganharam fama de ‘engessados’ aos olhos do público e em entrevistas falaram da relação complicada que mantinham com Carelli. Na coletiva de imprensa da nova temporada do reality, que estreia na terça-feira (17), o apresentador Marcos Mion fez questão de exaltar a parceria que tem com o profissional desde os tempos da MTV Brasil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Criaram esse monstro, mas essa fama não faz jus. Tem uma questão da confiança, definitivamente, nos conhecemos há tantos anos e respeitamos o trabalho um do outro. Eu na frente das câmeras, e ele e o Fernando Porco por trás. Ouço muito o que eles falam, tenho muito respeito aos diretores, produção e elenco”, rebateu Mion quando questionado sobre o estilo de Rodrigo no trato com os colegas.

Marcos Mion e Rodrigo Carelli (Reprodução)

Roberto Justus e Britto Jr x Rodrigo Carelli

Carelli elogiou o desempenho de Mion à frente do programa, mas ressaltou que o tratamento dado a ele foi o mesmo oferecido a Justus e Britto.

“Cada apresentador tem seu estilo. A escolha sempre foi da emissora, eu acho que eles fizeram o melhor deles [os outros dois apresentadores], mas o fato do Mion ter essa conexão com o programa por conta do Legendários e do Vale A Pena Ver Direito fez com que ele chegasse com uma expertise. Eu trabalho com ele da mesma forma como eu trabalhei com os outros. Temos sim uma mão forte na direção. Cabe também ao apresentador entender e se adaptar”.  

Em entrevista ao canal do jornalista Marcelo Bonfá do Youtube no ano passado, Roberto Justus analisou a forma de trabalho de Carelli: “É um diretor difícil. É perfeccionista, um dos melhores diretores com que já trabalhei, mas ele se intromete demais no programa. Ele fica na sua orelha o tempo todo”.

Em conversa com o Observatório da Televisão em 2017, Britto Jr. foi mais incisivo: “Criava regras absurdas para não permitir que o programa ficasse em minhas mãos, era uma ditadura do ponto eletrônico, desisti de dar sugestões”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais