Citado na CPI da covid, Otávio Mesquita rebate senador

Marcelo de Carvalho, da RedeTV!, também foi citado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante a CPI da covid nesta quarta-feira (12), alguns profissionais da televisão no país foram citados durante o depoimento de Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência da República.

Entre eles estão o empresário, sócio fundador e acionista da RedeTV!, Marcelo de Carvalho e o apresentador do SBT, Otávio Mesquita. O nome do funcionário da emissora de Silvio Santos, surgiu quando foi afirmado que o governo realizou uma campanha a favor do uso de máscara e do distanciamento social.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Porém, a informação foi desmentida por Renan Calheiros e Otávio fez questão de se manifestar, dizendo que não se lembra de ter participado da campanha. Por outro lado, ele já havia dado uma entrevista afirmando que a OMS (Organização Mundial da Saúde), não estava pensando nos países não bilionários.

“Eu também falaria para todo mundo ficar em casa. Não podemos e não vamos parar o país. Como as pessoas vão comer?”, afirmou ele para a Folha de São Paulo. Renan afirmou durante o depoimento de Wajngarten, que o apresentador havia mesmo defendido que as pessoas não ficassem em casa.

Um pouco depois, Mesquita rebateu o senador em conversa com o Estadão. “Como eu faria uma campanha contra isolamento social se eu mesmo assumi que errei ao não usar máscara? Foi meu maior erro e eu falei isso muito claramente no meu programa no SBT”, declarou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio