Assim como Segundo Sol, veja quatro novelas que se passaram na Bahia

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo mês de maio, a Globo vai estrear sua próxima novela das 21 horas, Segundo Sol. Escrita por João Emanuel Carneiro, o folhetim que será protagonizado por Emílio Dantas vai se passar na Bahia.

Mas não é a primeira vez que uma novela da Globo e também da teledramaturgia brasileira se muda para um dos estados mais bonitos do Brasil para contar alguma história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Globo divulga clipe com cenas inéditas de Segundo Sol

Nesta lista, o Observatório da Televisão mostra quatro novelas que foram para a Bahia para contar histórias.

1 – Gabriela – Globo (1975) 

Escrita por Walter George Durst, a novela é adaptada do romance Gabriela Cravo e Canela, de Jorge Amado. Exibida na faixa das 22 horas na época, foi produzida em plena Ditadura Militar.

O folhetim impressionou pela ousadia para aqueles tempos e por uma Sônia Braga no auge de sua beleza. Foi um grande sucesso, sendo lembrada até hoje como uma das melhores novelas da Globo.

Por causa do grande sucesso, acabou ganhando um remake em 2012, igualmente bem aceita pelo público.

 

2 – Tocaia Grande – 1995 (Manchete)

Produzida em 1995, e baseada em outro livro de Jorge Amado de mesmo nome, Tocaia Grande se passava no Sul da Bahia e contava a história da guerra da fundação da cidade.

No início, Tocaia deu apenas 3 pontos. Pouco pra o que seu Adolpho queria, ele mudou os roteiristas e contratou Walter Avancini, diretor com grande prestigio. Pouco após fazer isso, seu Adolpho morreu, mas sua mudança deu certo.

Tocaia pavimentou o caminho para Xica da Silva e terminou dando médias de 10 pontos de Ibope, triplicando os números no horário – isso virou até mote de chamada. A receita foi o de sempre para novelas da Manchete: roteiro ágil e forte, violência e forte apelo sexual.

Veja também 

Deborah Secco fala sobre sua personagem em Segundo Sol e dispara: “Não consigo decifrar ela”

3 – O Bem Amado – Globo (1973)

Primeira novela produzida a cores pela Globo e a primeira novela a se passar na Bahia da emissora, O Bem Amado foi escrita por Dias Gomes e é lembrada até hoje como uma das melhores novela de todos os tempos.

Protagonizada por Paulo Gracindo, a novela conta a história de Odorico Paraguaçu, prefeito da cidade de Sucupira, uma pequena cidade do litoral baiano. Corrupto, mas amado pelo povo, Odorico paga para um homem, o Zeca Diabo, matar alguém para inaugurar o cemitério local.

A novela teve um filme feito no início desta década, além de ter sido reprisada várias vezes.

4 – Velho Chico – Globo (2016)

Velho Chico foi a última novela da Globo a se passar na Bahia. Produzida em 2016, a novela de Benedito Ruy Barbosa se passava na fictícia Grotas do São Francisco e conta a história do Coronel Saruê, que volta de Salvador e é obrigado a assumir o lugar do pai na cidade.

Infelizmente, a novela ficou mais conhecida pela morte de seu protagonista, o ator Domingos Montagner, faltando pouco menos de duas semanas para suas gravações terminarem.

Domingos se afogou justamente nas águas do Rio São Francisco, quando dava um mergulho de despedida juntamente com a atriz Camila Pitanga. A morte chocou e comoveu o Brasil.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio