Após casos de COVID-19 na produção, No Limite revê protocolos de segurança

Membros da equipe estão hospedados em hotel com acesso livre

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segurança em primeiro lugar! Em tempos de pandemia, todo cuidado é pouco em qualquer situação, principalmente quando falamos em reunir pessoas, até mesmo em locais de trabalho. O reality No Limite precisou revisar sua segurança após membros da equipe contraírem COVID-19.

Mesmo com todos os cuidados e protocolos rígidos de higiene, não foi possível evitar a contaminação. Segundo o site Metrópoles, os profissionais eram testados duas vezes por semana, porém após os casos, a frequência mudou para a cada dois dias. A equipe também deve usar duas máscaras.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

André Marques em praia de No Limite (Foto: Divulgação / Globo)

A produção está hospedada em um hotel que recebe a visita de outras pessoas, por isso é impossível controlar com 100% de segurança quem está ou não doente. Quem testa positivo é imediatamente afastado do trabalho para receber os devidos cuidados não contaminar o restante da equipe.

Porém, não é só o COVID-19 tem derrubado a equipe de No Limite: a dificuldade de locomoção na areia anda dificultando muito a captação de imagens, além disso, outro fator que preocupa é o calor. Mesmo no outono, o local é bem quente e houve casos de desmaio enquanto ocorriam as gravações.

 A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio