Ana Paula Renault fala sobre a expulsão de Marcos: “A produção esperou até demais”

Publicado há 4 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a expulsão de Marcos do Big Brother Brasil 17, Ana Paula Renault, que participou no ano passado do programa, resolveu opinar sobre a saída do médico.

“Eu acredito que a produção esperou até demais para expulsar o Marcos. Mesmo que não tenhamos visto uma agressão física de fato, existem diferentes tipos de abuso. E estava claro que o relacionamento deles era abusivo. Não foi uma briga, foram várias, inclusive com outras pessoas que não a Emilly. Não dava para esperar acontecer algo mais grave”, disse a mineira à colunista Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A famosa fez questão de enfatizar que quando teve que sair do reality, a situação era outra. “No Twitter as pessoas falam que eu não tenho moral para criticar, mas o que aconteceu comigo foi completamente diferente. Minha intenção não era bater, era fazer um escárnio. Não fui agressiva. É claro que não me considero certa, posso ter invadido o limite do Renan”, esclareceu a loira.

Questionada sobre Emilly, a jornalista disse que não gosta da competidora. “Ela é uma das participantes que eu menos simpatizei. Não me relacionaria com ela aqui fora, mas nada justifica o abuso. Acho que ela é complicada, mimada e desmerece os outros, mas não explica o Marcos ter chegado ao ponto que chegou”, concluiu Renault.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio