Ana Carolina Raimundi estreia série sobre abusos cotidianos contra mulheres

Fatima Bernardes, a atriz Samara Felippo e Conceição Evaristo falam sobre violências no universo feminino

Publicado em 22/10/2021 11:44
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Você já foi interrompida no meio de uma frase? Ouviu alguém dizer que já passou da idade? Alguém já tentou te convencer de que é loucura da sua cabeça algo de que você tem certeza? Isso Tem Nome.

E esta é a nova série do Fantástico, que estreia neste domingo, dia 24. A repórter Ana Carolina Raimundi ouve especialistas e mulheres – como a apresentadora Fátima Bernardes, a escritora Conceição Evaristo e a atriz Samara Felippo – para, em três episódios, revelar que encontrar a palavra certa para situações incômodas pode ser um atalho para curar feridas, melhorar a autoestima e até denunciar um crime. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A minha inquietação pessoal me levou a buscar entender as pequenas violências que atravessam o universo das mulheres desde o início da vida. Nunca tinha parado para pensar por que é deselegante perguntar a idade de uma mulher e não é assim com os homens. Por que nas histórias infantis o homem velho é o velho sábio, enquanto a mulher velha é a bruxa? Por que a mulher ouve que se não ceder nisso ou naquilo vai terminar sozinha? São esses e outros questionamentos que eu levei para o projeto ‘Isso Tem Nome’”, adianta a repórter Ana Carolina Raimundi. 

Apesar de ainda pouco conhecidas, as palavras abordadas pela série já existem e explicam algumas situações vividas por mulheres. Etarismo, por exemplo, significa discriminação por idade. Outras só existem em inglês, como gaslighting, uma forma de manipulação psicológica na qual o abusador mente, distorce a realidade e omite informações para que a vítima duvide de sua memória e até da sua sanidade mental.

mansplaining, expressão usada para se referir a homens que querem explicar tudo para as mulheres, como se elas não tivessem capacidade de entender sozinhas. É mais comum que essas situações afetem as mulheres, mas não apenas elas. “Não é um quadro para mulheres, mas sim sobre mulheres”, conclui Ana Carolina Raimundi, que contou com o apoio de uma equipe feminina para a realização do quadro. O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, dia 24, logo após o ‘Domingão com Huck’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio