Alexandre Garcia dá resposta às criticas de Giuliana Morrone: “Máscaras caem”

Em áudio vazado, Giuliana Morrone o chamou de "gagá" e "ridículo"

Publicado há 5 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista Alexandre Garcia (79) publicou na noite desta terça (12) em seu canal no YouTube, a resposta para a ex-colega de bancada do Jornal Nacional e Bom Dia Brasil, Giuliana Morrone, que em um áudio gravado e divulgado sem o seu consentimento, surgiu proferindo duras criticas a Garcia, nas quais o chama de “gagá” e “ridículo” numa conversa com Gerson Camarotti, comentarista político do Grupo Globo.

Achei que tivessem grampeado o telefone entre os dois“, inicia Alexandre Garcia no vídeo. “Espero que não traga prejuízo a ela”, avisa ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alguém deve ter visto ou ouvido aquilo e partido para a gravação […] Não creio que tivesse alguma intenção de prejudicá-la mas achou bonito, pitoresco e achou que pudesse dar audiência. Não era destinada a publicidade, tenho certeza de que foi isso. Espero que não traga prejuízo a ela. Eu sei que não tivesse a intensão de divulgar. Era só um desabafo de uma colega para um colega.

Caçar a concessão da Globo

A primeira inverdade: Isso é gravíssimo. Eu jamais faria isso, pela minha índole,, minha ética, pelo respeito a uma emissora que sempre me respeitou. Eu nunca faria isso“.

Cargo de Diretor na Globo

Eu estive lá, por 32 anos, nunca fui Diretor. Chamava-se Editor Regional quem comanda a redação de jornalismo. Foi durante 5 anos, de 1990 a 1995.

Solidariedade a Regina

Quando eu coloquei a mensagem, a que ela se refere e leu, em solidariedade a Regina Duarte. Eu botei a mensagem dizendo que a CNN Brasil seria uma alternativa, ficou igual. Mas eu não citei nenhuma emissora.”

Publicidade barata

Eu gostaria de esclarecer outro ponto que está bem risível: que eu cobro pouco sim para empresas pequenas da minha cidade Brasilia, que me chamam para ser mestre de cerimônia […] Eu não tenho nenhum pré-conceito com vidraceiro. É uma participação minha no estimulo dessas empresas. Eu cobro alguma coisa simbólica. E não cobro do serviço publico, é dinheiro do publico, é dinheiro seu, do contribuinte.

CNN Brasil

Parece que estava numa torcida. Mas o fato é que chamou por meses e chama até agora, até hoje. Eu, por exemplo vou participar de um programa na CNN no fim de semana. Assim como vou participar na sexta-feira de manhã do Aqui Na Band, com meu querido companheiro Lacombe.

Como eu [Alexandre Garcia] recebi tudo isso?

Não é da minha ética não respeitar quem sempre me respeitou. As pessoas se revelam por suas opiniões. Recebi com um único sentimento. Foi de surpresa. Fomos colegas, parceiros em programas e até hoje nos encontramos na missa de domingo. Inclusive na fila da comunhão.

Quando eu vejo quando eu sou qualificado como ridículo, gagá e que eu causo revolta a ele, eu vi que fui excomungado. A gente está em tempos de usar máscaras. Às vezes se usa máscara por tanto tempo que ela se esgarça e cai.

Confira as criticas de Giuliana Morrone no áudio vazado:

Ele [Garcia] é ridículo. No dia que o Bolsonaro falou em cassar a concessão da Globo, ameaçou, ele endossou. Achou que era lindo, que tinha que cassar a concessão da Globo. A ‘montoeira’ de dinheiro que esse homem recebeu da Globo, microfone dourado, festinha, foi diretor daqui a vida inteira, e aí sai cagando regra. Ele que fez isso aqui! Ele era diretor por anos. Eu sou revoltada, sabia?“, queixa-se Giuliana.

Ah, não. É chato mesmo. Muito chato“, concorda Camarotti. “Eu fico pensando assim, se não tá gagá, entendeu? Só pode ser. Tipo a Regina Duarte, né?“, compara a comunicadora.

Mas eu acho que ali, sabe o que é, é faturar agora ganhando com os seguidores. Os radicais. Ele tá ganhando dinheiro com isso“, supõe Gerson, acusando também Garcia de ingratidão com a Globo. “Não se pode cuspir no prato em que comeu. E que comeu por tanto tempo.

Procurada pelo Observatório da TV, a Globo declarou por meio de seu departamento de Comunicação que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais