Aguinaldo Silva é processado por ex-alunos por causa de O Sétimo Guardião

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 17 de maio, a TV Globo exibiu o último capítulo de O Sétimo Guardião, trama das 21h de Aguinaldo Silva. Apesar do encerramento do folhetim, que não se saiu bem na audiência, a produção segue envolvida em polêmicas.

De acordo com a coluna Zapping, do jornal Folha de S. Paulo, seis roteiristas, que participaram de um curso ministrado por Aguinaldo, onde surgiu a sinopse da atração, está processando o novelista e a platinada cobrando direitos patrimoniais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É reivindicado R$ 6
milhões pelo faturamento da novela. Por meio de contestação, a emissora diz que
a reivindicação é absurda e menciona referências de enredos anteriores do autor
para rebater a acusação.

Essa é a primeira vez
que a Globo também é processada. Em outra ação, movida por Silvio Cerceau,
também ex-aluno de Silva, somente o escritor era alvo. Vale lembrar que o
contrato de Aguinaldo com o canal termina ano que vem e ainda não se tem
notícia sobre possível renovação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio