Ministério da Justiça mantém classificação de Deus Salve o Rei e nega pedido da Globo

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em março de 2018, dois meses após seu primeiro capítulo, a novela Deus Salve o Rei recebeu nova classificação indicativa. Antes recomendada para maiores de 10 anos, a trama foi reclassificada na data para maiores de 12 anos.

Vinte dias após a exibição de seu último capitulo, a novela foi novamente reclassificada para maiores de 14 anos. O Ministério da Justiça justificou a mudança devido às cenas contendo ato violento, morte intencional. E ainda, presença de sangue, lesão corporal, insinuação sexual e linguagem de conteúdo sexual.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O despacho divulgado em 15/08 dizia que a Globo inclusive havia sido notificada sobre a incompatibilidade do conteúdo com o horário das 19h.

Leia também: Homem-Aranha: Longe de Casa | Todos os detalhes confirmados, rumores e vazamentos da trama

A emissora carioca entrou com um pedido para que o Ministério reconsiderasse a segunda reclassificação. Porém o pedido foi negado, e a trama segue como imprópria para menores de 14 anos. Isso pode inclusive, impedir que a trama seja reexibida antes das 21 horas.

Após exibição, Ministério da Justiça aponta mutilação e exposição de cadáver em Deus Salve o Rei e reclassifica a novela

No último dia 30, a TV Globo exibiu o último capítulo de Deus Salve o Rei, trama das 19h de Daniel Adjafre que era classificada para maiores de 12 anos. Após o encerramento da produção, o Ministério da Justiça inesperadamente resolveu agir.

Leia: Johnny Massaro muda radicalmente o visual após o fim de Deus Salve o Rei

O órgão surpreendentemente reclassificou o enredo para maiores de 14 anos e apontou algumas razões, como “pena de morte, mutilação, violência, exposição de cadáver, mortes e sangue de forma reiterada, relevante e, em alguns casos, detalhada”.

Vale lembrar que algo parecido aconteceu com o Orgulho e Paixão. A trama, que inicialmente era recomendada para 10 anos, agora mudou para 12 por ter “violência, drogas lícitas e conteúdo sexual”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio