“Uma alcoólatra que sonha em engravidar”, revela Vanessa Giácomo sobre O Sétimo Guardião

Publicado há 2 anos
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de ter o realismo fantástico como pano de fundo, a próxima novela das 21h, O Sétimo Guardião, vai abordar temas tabus, atuais e necessários como o alcoolismo através da personagem de Vanessa Giácomo.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, a atriz revelou detalhes da trama. Na história ela será atormentada pela sogra, Elizabeth Savala, por não conseguir engravidar do marido, papel defendido pelo ator Paulo Rocha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Folhetim

Por conta da pressão que sofre, a moça acaba encontrando na bebida um escape para os problemas familiares. Para tanto, Giácomo vem realizando aulas de expressão corporal. A atriz também mudou o visual para o folhetim que estreia em novembro.

Confira a entrevista que foi realizada no noite da última quarta, 17, em São Paulo, no novo espaço de beleza da atriz Flávia Alessandra!

Como estão as gravações de O Sétimo Guardião?

Estou ansiosa, a personagem é uma delícia. Nunca tinha feito nada parecido [realismo fantástico].

Elizabeth Savala é sua sogra na trama e vai infernizar a sua vida…

Eu também infernizo a vida dela (risos).  Não é infernizar, mas só a minha presença já incomoda ela. E ela o tempo todo joga muitas indiretas. Ainda não gravei essas brigas…mas imagino que vai causar…

Humor e muito drama

Vai mais pelo lado do humor ou do drama?

Os dois. Vai pelo drama e humor, é uma história pesada. Ela é alcoólatra que já traz essa carga dramática. Ela sonha em engravidar e não consegue, não pode. A sogra cobra isso dela. E aí ela vai para o alcoolismo. É uma questão social e séria que precisa ser tratada de forma cautelosa pra não cair no estereótipo.

Como é o seu processo de estudo para compor a personagem?

Conversei com muitas pessoas que sofrem com isso, famílias que vivem isso indiretamente. Fiz um trabalho corporal com uma professora, fora a preparação da Globo.

Ela deseja ser mãe, não passa pela cabeça dela a adoção?

A novela é atemporal, não tem internet, e na cabeça da minha sogra na novela, uma beata, não passa pela cabeça dela uma adoção.

O seu cabelo está mais curto, já está assim pra novela? Tem algum apego na hora de compor essas características? 

Pra novela. Não tenho apego, nenhum, sempre falo para deixar curtinho, mas sempre deixo na mãos deles [caracterização]. É um trabalho sério, deixo nas mãos desses profissionais.

As tramas do Aguinaldo Silva são marcadas pelo realismo fantástico. Gosta desse gênero?

Claro. Assisto pelo Viva, Globoplay. Ele traz isso e sabe fazer isso [realismo fantástico].

 

 

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio