Marcello Faustini faz balanço de participação no Dancing Brasil: “Foi muito bom poder trabalhar mais uma vez com a Xuxa”

Publicado há 2 anos
Por André Júnior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na quarta-feira (18), o ex paquito e cantor Marcello Faustini, se tornou o terceiro eliminado do reality musical “Dancing Brasil”.

Marcello dançou valsa mas não agradou aos jurados e foi parar na zona de risco do reality show.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao lado de Lu e Marquinhos; Juliana e Tutu; Bernardo e Bia, Nizo e Luana, ambos empatados com 22 pontos do juri.

Mas na votação popular foi Marcello quem levou a pior – recebeu apenas 8,94% dos votos válidos e disse adeus ao prêmio de meio milhão de reais.

O ex-paquito trabalha atualmente como cantor, o mesmo já dançou com Xuxa nos anos 90, mas não como um profissional de dança de salão.

Seguem ainda na disputa Juliana Rios, Camila Rodrigues, Pérola Faria, Lu Andrade, Valeria Valenssa, Beto Marden, Oscar Filho, Bernardo Velasco, Nizo Neto, Allan Souza Lima e Amaral.

Marcello fala do Dancing Brasil

– Como foi estar ao lado de Xuxa Meneguel de novo? Você se emocionou? De certa forma, essa experiência lhe causou nostalgia?

Foi muito bom reencontrá-la e poder trabalhar mais uma vez com ela. Foi muito emocionante, tudo o que eu conquistei e aprendi eu devo à Xuxa, depois de ter sido escolhido paquito, eu pude conhecer os melhores produtores, entrar em grandes estúdios como o da Som Livre. No cinema também, todo o meu aprendizado eu devo à Xuxa. Eu era muito novo, eu tinha 17 anos nessa época, era mais diversão do que trabalho. Eu lembro que estar ao lado da Xuxa foi o que me deu a certeza de querer trabalhar com atuação e música.

– Como é trabalhar com a Xuxa, ela participa das produções do Dancing Brasil?

Bom, até onde eu sei, ela não participa da produção. Eu fui convidado pela produtora de elenco, depois de participar do Programa do Fábio Porchat. Eu fiquei muito feliz quando recebi o convite, em 2 meses eu aprendi o que não seria capaz de aprender em 2 anos em um curso de dança. A pegada da competição é muito intensa, nós praticamente ensaiamos todos os dias! São 4 horas de ensaio e a gente ainda ensaia mais 4 horas por conta própria para aprimorar a coreografia! A Xuxa ficou super supresa e feliz ao me ver no elenco. A Xuxa é o meu anjo da guarda!

Ritmos

– Dentre os ritmos que você dançou no programa, qual foi o mais dificil e qual você mais gostou?

São todos difíceis, cada um tem sua dificuldade, as dores mudam a cada ritmo, alguns você sente mais dor na perna, por exemplo. O jive é um ritmo rápido, e nós dançamos uma musica do Elvis Presley numa frequência ainda mais acelerada. Eu acho que o jive foi o mais difícil mas também foi o que eu achei mais legal de dançar! E eu tinha o sonho de dançar tango, eu adorei aprender a dançar tango.

– E agora, para quem vai a sua torcida para ganhar o Dancing Brasil 4?

Olha, eu torço para todos pois todos eles são incríveis e nesse elenco não tem ninguém chato. Todos nós nos damos muito bem! Amaral, Oscar, Juliana… (todos são queridos). A turma toda é nota 10! Eu vou dizer o seguinte: “Que vença o melhor!”. Na final estaremos todos nós lá em uma grande festa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio