“Fiquei muito feliz com o sucesso”, afirma Walcyr Carrasco sobre reprise de Êta Mundo Bom!

A trama chega ao fim na próxima sexta-feira (11)

Publicado há 4 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante sua primeira exibição em 2016, Êta Mundo Bom! foi um fenômeno de audiência no horário das seis. A história de Candinho (Sergio Guizé) e seu incansável lema ‘Tudo o que acontece de ruim na vida da gente é pra ‘meiorá’”, as situações hilárias na fazenda Dom Pedro II, e as tramas na charmosa São Paulo da década de 1940, entre outras qualidades da obra, seduziram os telespectadores.

A exibição no Vale a Pena Ver de Novo mostra que a trama mantém a mesma força nos dias atuais, com repercussão intensa nas redes sociais e a melhor performance de audiência da faixa horária dos últimos dez anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O autor Walcyr Carrasco acredita que a pandemia fez com que a novela chegasse em um momento em que todos ansiavam por uma história leve e divertida como Êta Mundo Bom!.

“É uma novela que escrevi com o coração e um olhar otimista sobre a vida. Acredito que a mensagem positiva da trama, que se renova a cada capítulo, faz o espectador se sentir bem durante esse momento difícil que vivemos”, analisa Walcyr.     

Na última semana de exibição da novela, que está dividindo o horário com a estreia de Laços de Família, outro grande sucesso da teledramaturgia, o público relembra desfechos marcantes, como o casamento de Candinho e Filomena (Débora Nascimento) e o final trágico dos vilões Sandra (Flávia Alessandra) e Ernesto (Eriberto Leão).   

Entrevista com Walcyr Carrasco

Como foi a experiência de rever a obra já finalizada? E qual sua sensação após a novela ser novamente um grande sucesso?

“Foi maravilhoso rever a obra, a qualidade da interpretação do elenco e a direção inesquecível do Jorge Fernando. Fiquei muito feliz com o sucesso nesse momento difícil que vivemos, porque escrevi essa novela com o coração, com meu olhar otimista sobre a vida.”

Quais são os maiores acertos da trama para ser um sucesso tão grande na sua opinião?

“Acho que o principal é o tom leve e bem humorado da história e a mensagem positiva que se renova a cada capítulo.

A atuação de algum ator ou atriz do elenco te surpreendeu na época e novamente agora? Houve alguém que você não tinha trabalhado antes e quis repetir a experiência?

“Tanto os atores com quem eu já costumava trabalhar, como a Elizabeth Savalla, e o Sergio Guizé, que trabalhei pela primeira vez em ‘Êta Mundo Bom!’, contribuíram muito para o sucesso da novela. Eles foram maravilhosos! Quem acompanha o meu trabalho sabe que busco trabalhar novamente com vários atores. O Guizé fez mais duas novelas comigo depois dessa.”   

Candinho

O trabalho de Sergio Guizé sem dúvida foi muito importante para o sucesso da trama. Na sua opinião quais principais qualidades ele apresentou ao longo da novela ao viver Candinho?

“Sergio Guizé entendeu perfeitamente a essência do personagem e o jogou para cima. Dessa forma o transformou em um ícone, um sucesso absoluto.”

Revendo a trama você mudaria o final de algum personagem? Considera o desfecho de Sandra ainda surpreendente?

“Não mudaria nada, não é à toa que depois de quatro anos, em um momento tão diferente, a novela voltou a ser um sucesso.”

Como foi o retorno do público durante a reprise?

“Recebo muitas mensagens pelas redes sociais. Neste momento, o público torce bastante por seus personagens preferidos e principalmente querem que a Sandra tenha seu merecido castigo! É muito interessante acompanhar.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio