Competidor no Popstar, Marcello Melo Jr. revela receio com opinião do público nas redes sociais: “Assusta um pouco”

Publicado em 25/06/2017

Marcello Melo Jr. está se preparando para viver dois desafios na carreira, e o primeiro poderá ser visto a partir do dia 9 de Julho. Trata-se do programa Popstar, reality show musical no qual o ator e música será um dos competidores. Seu outro desafio, se preparar para a próxima novela das 18h. Confira a entrevista com o rapaz:

Leia Também: Marcello Melo Jr. curte férias na Disney

Como surgiu o convite para participar do Popstar?

Surgiu da equipe do programa. Eu estava de férias após um trabalho e o convite surgiu num momento oportuno e muito especial. A música faz parte da minha vida há muito tempo, antes do Melanina Carioca (grupo musical que ele faz parte), pois eu já havia tido contato com ela no Nós do Morro. Acho que o programa é algo para te desafiar, para aprender e para as pessoas que já me acompanham na TV, no teatro e no Melanina poderem me ver apresentando um número musical diferente todo domingo para o Brasil inteiro.

Você é movido a desafios. Como estão sendo os ensaios? São difíceis como na Dança dos Famosos?

É diferente da Dança dos Famosos, onde existe uma coreografia com início, meio e fim que a gente executa. Tem todo um estudo também, mas o maior desafio aqui é manter o nervosismo no lugar dele, e não no momento da apresentação.

O repertório vai ser o mesmo ao qual você já é habituado ou vai sair da sua zona de conforto?

Sair da zona de conforto nós já saímos por estar num programa ao vivo e ter que nos apresentar dessa forma, mas vamos cantar aquilo o que é interessante para nós, o que acaba sendo meio que um karaokê ao vivo. Acho que vamos muito mais nesse sentimento de compartilhar isso com as pessoas.

Você gosta de acompanhar os comentários dos seus trabalhos pelas redes sociais?

Tenho receio porque isso assusta um pouco, mas é importante a interação com o público para medir como será esse desenvolvimento. Eu sou um, eles são milhares e ficamos cúmplices. Vou ver os comentários das pessoas, e tentar melhorar naquilo o que elas não gostarem. Eu gosto dessa relação.

Você tem algum projeto direcionado a dramaturgia?

Paralelamente estou me preparando para a próxima novela das 18h, Tempo de Amar. Estamos montando a equipe e devemos começar a gravar no final de Julho, mas vai dar pra conciliar direitinho, finais de semana aqui no Popstar, e durante a semana vivendo o Edgar, nome do meu próximo personagem.

A TV Globo agora tem um tipo de preparação diferente dos anos anteriores em que os atores chegavam e gravaram. Existe atualmente uma preparação de cerca de 3 meses antes do início das gravações. Você acha que melhorou?

Claro, até mesmo em organização de gravações que as vezes você gravava a semana inteira e as vezes você gravava uma vez ou outra, mas ao mesmo tempo você acaba aprendendo a conciliar essas coisas todas. Pra gente que já é da casa, que já trabalhou com Manoel Carlos, que é aquele imediatismo, isso acaba se tornando um frescor.

Quais as suas maiores inspirações na atuação e na música?

Tenho admiração muito grande pelo Lázaro Ramos, do negro, protagonista, diretor, escritor, diretor, e tive oportunidade de trabalhar com ele em Lado a Lado, o admiro muito. Na música pra mim o Seu Jorge é imbatível. Eu olho pra eles e os vejo como inspiração e penso que se eu for por esse caminho estarei bem.

Você é a inspiração do povo da baixada fluminense, e você está sempre postando coisas relacionadas ao local onde nasceu. 

Eu gosto muito de ter nascido lá pela infância que tive, de pé no chão, soltar pipa, pular muro pra poder pegar fruta, e viver essa coisa da infância de verdade. Pra mim é gratificante ser inspiração para as pessoas que estão na luta e pensam “Se ele conseguiu chegar, eu vou chegar também”. Eu vivo da minha arte, do meu amor e respeito por ela, se as pessoas aprenderem que isso faz parte, estarei feliz.

Você ainda tem parentes lá?

Todo mundo ainda está lá. Só minha irmã e eu migramos para cá.

*Entrevista realizada pelo jornalista André Romano.