TV aberta tem programas de fofoca demais e informação de menos

Publicado há 7 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há programas de fofoca demais na TV aberta. Atrações como Fofocalizando, Tricotando, TV Fama, A Tarde É Sua e A Hora da Venenosa aumentam consideravelmente o tempo da exploração da vida alheia em canais como SBT, Record TV e RedeTV!. No entanto, poucos se esforçam para trazer informações quentes ao público. Boa parte deles sobrevive de notícias requentadas.

Trazer notas exclusivas foi um dos motivos que fez de Fabíola Reipert e o quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, um sucesso. Por isso, quando lançou o Fofocalizando, o SBT tratou de buscar um nome capaz de fazer algo parecido. Leo Dias foi o escalado. Hoje, o jornalista está na RedeTV!, onde leva suas notas exclusivas para o TV Fama. Já o Fofocalizando perdeu relevância sem notícias exclusivas. Tenta voltar a chamar a atenção com a presença de Fábia Oliveira, colunista de celebridades que estreou esta semana no vespertino com a missão de trazer novidades.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Porém, os demais programas de fofoca não têm o mesmo cuidado. Programas como Tricotando e A Tarde É Sua, da RedeTV!, ou o Melhor da Tarde, da Band, ainda usam do expediente de requentar notícias da internet. Ou seja, há muita conversa sobre a vida alheia, mas pouca fofoca de fato.

Fábia Oliveira

A jornalista Fábia Oliveira é a novidade da semana no Fofocalizando. Desde a saída de Leo Dias, a atração do SBT vinha numa fase morna, repercutindo notícias da TV e ampliando matérias de variedades, tornando-se um programa genérico e pouco relevante. A chegada de Fábia, portanto, vem para dar uma aquecida no vespertino.

Fábia mostrou traquejo em sua estreia. Divertida e simpática, a jornalista deu uma injeção de ânimo no oscilante programa do SBT. Ainda é cedo para cravar se sua presença resolve os problemas do programa. Mas, sem dúvidas, foi uma boa aquisição.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais