TV aberta tem programas de fofoca demais e informação de menos

Publicado há 10 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há programas de fofoca demais na TV aberta. Atrações como Fofocalizando, Tricotando, TV Fama, A Tarde É Sua e A Hora da Venenosa aumentam consideravelmente o tempo da exploração da vida alheia em canais como SBT, Record TV e RedeTV!. No entanto, poucos se esforçam para trazer informações quentes ao público. Boa parte deles sobrevive de notícias requentadas.

Trazer notas exclusivas foi um dos motivos que fez de Fabíola Reipert e o quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, um sucesso. Por isso, quando lançou o Fofocalizando, o SBT tratou de buscar um nome capaz de fazer algo parecido. Leo Dias foi o escalado. Hoje, o jornalista está na RedeTV!, onde leva suas notas exclusivas para o TV Fama. Já o Fofocalizando perdeu relevância sem notícias exclusivas. Tenta voltar a chamar a atenção com a presença de Fábia Oliveira, colunista de celebridades que estreou esta semana no vespertino com a missão de trazer novidades.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Porém, os demais programas de fofoca não têm o mesmo cuidado. Programas como Tricotando e A Tarde É Sua, da RedeTV!, ou o Melhor da Tarde, da Band, ainda usam do expediente de requentar notícias da internet. Ou seja, há muita conversa sobre a vida alheia, mas pouca fofoca de fato.

Fábia Oliveira

A jornalista Fábia Oliveira é a novidade da semana no Fofocalizando. Desde a saída de Leo Dias, a atração do SBT vinha numa fase morna, repercutindo notícias da TV e ampliando matérias de variedades, tornando-se um programa genérico e pouco relevante. A chegada de Fábia, portanto, vem para dar uma aquecida no vespertino.

Fábia mostrou traquejo em sua estreia. Divertida e simpática, a jornalista deu uma injeção de ânimo no oscilante programa do SBT. Ainda é cedo para cravar se sua presença resolve os problemas do programa. Mas, sem dúvidas, foi uma boa aquisição.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio