Terminando mais uma temporada, Mister Brau mostra constante evolução

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite de ontem (18), foi ao ar o último episódio da terceira temporada de Mister Brau, uma das séries da Globo mais bem-sucedidas da atualidade. Divertido como sempre, o capítulo encerrou a nova safra com chave de ouro, demonstrando que a série vem evoluindo a olhos vistos e cumprindo, com louvor, sua missão de ser um entretenimento inteligente e com algo a dizer.

No último episódio, Michele Brau (Taís Araújo) tornou-se atriz de novelas, vivendo um par romântico bastante “caliente” com Filipe César (José Loreto). A “veracidade” das cenas de amor entre seus personagens dá o que falar, a ponto de a imprensa especializada especular que os dois artistas estão tendo um caso. Brau (Lázaro Ramos) não consegue lidar com as novidades, gerando um conflito que leva o casal a uma separação breve. Enquanto isso, Henrique (George Sauma) e Andréia (Fernanda de Freitas) brigam porque o advogado se torna fã da novela de Michele, enquanto sua esposa morre de ciúmes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O texto, esperto como sempre, trouxe uma série de referências ao mundo das celebridades. Afinal, quase sempre que um casal demonstra química numa novela, começam a pipocar notinhas sobre um possível envolvimento dos atores, também, na vida real. Muitas vezes é mera fofoca, mas outras tantas acaba se revelando verdade. Levar este fato ao universo de Brau e Michele foi uma sacada e tanto, e o episódio foi eletrizante do começo ao fim. E vale ressaltar a excelência do elenco: Lázaro Ramos, Taís Araújo, Fernanda de Freitas, George Sauma, Kiko Mascarenhas (Gomes), Luís Miranda (Lima) e Cláudia Missura (Catarina) estão cada vez mais à vontade na pele de seus personagens e parecem se divertir em cena. Tal simbiose entre ator e personagem só é vista em raras ocasiões, como em A Grande Família, por exemplo.

Além da diversão, Mister Brau consegue passar importantes mensagens, sem ser didático ou panfletário. O episódio final da temporada foi praticamente uma comédia romântica sem grandes discussões, mas o número final, no qual o elenco da série aparece no cenário do programa Os Brau homenageando os grandes personagens negros do mundo foi de um encantamento raro. Emocionou, passou uma importante mensagem e fugiu de qualquer pieguismo. Aliás, o programa Os Brau foi um acerto desta temporada, já que acabava costurando boa parte dos episódios, mostrando números musicais com artistas reais, cujas canções dialogavam com as situações do roteiro. Ontem, teve Maiara e Maraísa pontuando os conflitos entre Brau e Michele, enquanto a ótima Liniker e os Caramelows, com a canção “Zero”, celebrava a reconciliação.

Outro ponto positivo da temporada foi a evolução dos personagens. Henrique e Andréia ganharam mais estofo depois que se tornaram pais, e, também, depois que a moça deixou de ser uma mera dondoca e passou a advogar ao lado do marido. Já Brau e Michele adotaram três crianças, ao melhor estilo “Brangelina”, aumentando a possibilidade de mostrá-los como uma família comum, apesar de toda a fama e a consagração. Em suma, Mister Brau consegue repetir a boa evolução de séries como Tapas & Beijos e A Grande Família, ao dialogar com um público heterogêneo de forma inteligente e bem-humorada. Felizmente, já tem nova temporada garantida.

Mumuzinho se destaca como Mussa na estreia do novo Os Trapalhões

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio