Se Sobreviver, Case é “versão romântica” de Largados e Pelados

Novo reality show do Multishow diverte com voyeurismo e briga de casal

Publicado há 3 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dando um tempo dos programas de humor de gosto duvidoso, o Multishow abre espaço a um novo reality show de sobrevivência. Espécie de variação de Largados e Pelados, do Discovery, Se Sobreviver, Case tem como diferencial sua função “romântica”: os participantes são casais.

Com a proposta de ser uma prova de fogo para que os casais descubram se estão prontos ou não para casar, Se Sobreviver, Case reúne oito aspirantes a noivos num desafio selvagem. Os quatro casais precisam passar uma temporada na Mata Atlântica, nus e com poucos recursos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na estreia, o programa apresentou os quatro casais participantes. Layra e Viviana, Sayuri e Wender, Vitória e Stefano, e Paula e Renato. E, de cara, mostrou a que veio. Ao primeiro grande desafio, ficou claro que o casamento ao final da experiência não é garantido. Afinal, com exceção de Vitória e Stefano, todos os demais casais começaram a se estranhar.

Semelhanças com Largados e Pelados

Apesar de inusitada, a proposta de Se Sobreviver, Case não é lá muito nova, afinal, a vivência é bastante semelhante ao Largados e Pelados. No entanto, a aposta do Multishow surpreende ao propor um desafio de sobrevivência a pessoas sem qualquer experiência no assunto.

Em Largados e Pelados, os participantes são especialistas em sobrevivência, que dominam várias técnicas primitivas, como fazer fogo ou caçar animais. Já Se Sobreviver, Case reúne participantes que, claramente, nem ao menos têm experiência em acampamentos.

A produção facilita um pouco, como incluir fósforos no kit de sobrevivência que disponibilizam aos casais. Mesmo assim, a umidade da Mata Atlântica torna o simples ato de riscar um palito um desafio complexo. Tanto que todos os casais passaram a primeira noite sem fogueira.

Além disso, o diferencial fundamental entre Se Sobreviver, Case e Largados e Pelados é justamente o fato de os participantes formarem casais. É interessante observar até que ponto vai a afinidade dos pares quando se vive uma situação tão extrema. O título do programa realmente se justifica, afinal, um casal que passa intacto por isso provavelmente passa por qualquer coisa.

E é isso que garante a diversão. No fundo, Se Sobreviver, Case mistura voyeurismo com aquela curiosidade natural do espectador acerca do relacionamento alheio. É uma mistura que pode render.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais