Gabriela Duarte e Marcelo Faria amadurecem em Orgulho e Paixão

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jovens rostos conhecidos de produções dos anos 1990 da Globo, Gabriela Duarte e Marcelo Faria têm outras coisas em comum. Além de serem filhos de atores famosos (ela, de Regina Duarte, e ele, de Reginaldo Faria), os dois acumularam diversos mocinhos em várias novelas. No entanto, em Orgulho e Paixão, os dois chegam a um novo patamar em suas carreiras. Vivendo Julieta e Aurélio, eles vivem um romance maduro, além de serem os pais de alguns dos mocinhos da produção das seis da Globo.

Como a poderosa “manda-chuva” do Vale do Café, Gabriela Duarte surpreendeu como Julieta. Ela surgiu em Orgulho e Paixão com ares de vilania, mantendo a pose de viúva que controlava os negócios com mão de ferro. Além disso, atrapalhava o romance do filho Camilo (Mauricio Destri), ao mesmo tempo em que colaborava para infernizar a vida da mocinha Elisabeta (Nathalia Dill). Aos poucos, porém, seu passado veio à tona, mostrando que Julieta tinha várias camadas. Sua trajetória, então, foi de redenção, culminando com um romance com o boa-praça Aurélio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: “Era um conteúdo muito restrito”, afirma Monica Iozzi sobre o Vídeo Show

Este, por sua vez, se colocou como um arrimo de família num momento de falência. Aurélio cuida do pai, o Barão de Ouro Verde (Ary Fontoura), ao mesmo tempo em que é um pai doce e compreensivo de Ema (Agatha Moreira). Seu romance com Julieta serviu para humanizá-la, ao mesmo tempo em que Aurélio é figura fundamental na história da filha.

Ou seja, em Orgulho e Paixão, Gabriela Duarte e Marcelo Faria constroem novos tipos em suas galerias. Pela primeira vez, ambos vivem personagens maduros, vividos e experientes. Não apenas protagonizam um romance, mas também se colocam como pais. Com isso, os atores alcançam um novo patamar em suas carreiras. Sem dúvidas, Orgulho e Paixão será um divisor de águas para os dois atores.

Em Orgulho e Paixão, atores se parecem com seus pais

Vivendo a dura viúva Julieta, Gabriela Duarte mostrou uma faceta mais madura. A pose mais soturna e imponente faz com que Gabriela fique bastante parecida com sua mãe, Regina Duarte. A estrela se acostumou a viver mulheres fortes em diversas novelas e séries ao longo dos anos. Gabriela, então, começa a fazer personagens que eram vividas por sua mãe até outro dia.

O mesmo vale para Marcelo Faria. Seu pai, Reginaldo Faria, foi galã dos anos 1970 e 1980. Nos anos 2000, viveu uma série de tipos mais comuns, sobretudo paizões amorosos e compreensivos. Tal qual Aurélio, que Marcelo vive agora em Orgulho e Paixão. É bem interessante notar a evolução dos dois atores, e o quanto estão parecidos com seus pais, artistas veteranos e de trajetória respeitável.

Leia também: Mau humor de Olivier Anquier chama a atenção no Bake Off Brasil

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio