Depois de um início ruim, Popstar fica melhor a cada semana

Publicado há 3 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Popstar, que estreou com cara de quadro do Domingão do Faustão por conta de parte dos jurados ter amizade com os competidores e, por isso, quase não os criticarem, evoluiu consideravelmente.

A situação mudou depois de Fernanda Lima deixar claro durante o reality musical que desejava que os especialistas se posicionassem para o bem e para o mal, e não apenas elogiassem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O “não” do júri é importante pois, a partir dele, os concorrentes com menores pontuações são eliminados. Assim, com o “empurrão”, os convidados passaram a dar menos estrelas – em meio aos que convenientemente usam a desculpa de que “esqueceram de votar”.

Justamente por este motivo, o Popstar passou a se tornar uma opção interessante nas tardes de domingo, com direito, neste final de semana, a Baby do Brasil ser chamada de “diretora” por Fernanda por palpitar até sobre o som.

O problema é que, ao que parece, Baby foi “silenciada” durante o intervalo comercial e fez poucas intervenções nos blocos restantes.

O tempo é corrido, mas o “show” dos jurados é extremamente importante para que o semanal siga atrativo, afinal, críticas e pontuações baixas estimulam as torcidas, geram climão e resultam no que todo fã de reality show gosta: “babado, confusão e gritaria”.

Internautas repercutem encontro do ex-casal Mariana Rios e Di Ferrero no programa Popstar

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio