Cássio Gabus Mendes se destaca em Éramos Seis como Afonso

Publicado há 8 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As versões anteriores da adaptação de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho para o romance Éramos Seis, de Maria José Dupré, apresentavam de maneira diferente o personagem Afonso, hoje interpretado por Cássio Gabus Mendes na versão escrita por Ângela Chaves. Só para ilustrar, o personagem se chamava Alonso e foi vivido por Rogério Márcico (na TV Tupi, em 1977) e Umberto Magnani (no SBT, em 1994). Após ser abandonado pela mulher, Pepa (Maria Luiza Castelli nos anos 1970 e Nina de Pádua nos anos 1990), Alonso resumiu sua vida basicamente a cuidar de seu armazém e da filha Carmencita (Reny de Oliveira, em 1994 Eliete Cigarini), chamada de Inês (Carol Macedo) na novela que vemos hoje. No entanto, Seu Afonso ganhou novos motivos para sorrisos após anos de solidão depois de ser deixado pela agora nomeada Shirley (Bárbara Reis). O comerciante se apaixonou pela amiga de muitos anos, Dona Lola (Glória Pires), que há anos vive perto do armazém e é mãe de Carlos (Danilo Mesquita), namorado de infância de Inês. Não apenas nas relações com a filha e a mulher, que depois de muito tempo de ausência ressurgiu para tumultuar sua vida, como também na franca e sincera amizade que mantém com os Lemos, família de Lola, Seu Afonso tem dado a Cássio Gabus Mendes boas chances de demonstrar seu talento de sempre em Éramos Seis. Ademais, a novela promove mais uma parceria das muitas já vividas pelo ator com Glória Pires, desde Vale Tudo (1988).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais