Após um bom início, SóTocaTop dá sinais de cansaço

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nova aposta da Globo para as tarde de sábado, o musical SóTocaTop estreou empolgando. Exibido no mesmo horário do Estrelas, o programa de Fernanda Souza e Luan Santana injetou mais ânimo à faixa, já que a atração de Angélica estava um tanto desgastada. No entanto, três meses depois da estreia, SóTocaTop começa a perder fôlego.

SóTocaTop resgatou o programa essencialmente musical na televisão brasileira. O programa recebe os artistas cujas músicas são as mais executadas nas rádios, na internet e nas plataformas digitais, por meio de rankings diversos. Com muitos ritmos populares, a atração se firmou como um espaço para quem gosta de música.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: SóTocaTop: Programa do Dia das Crianças terá Galinha Pintadinha e Mundo Bita

No entanto, no decorrer das semanas, os convidados do programa começaram a se repetir. Afinal, muitas das canções constantemente ouvidas nas diversas plataformas podem passar semanas em primeiro lugar. Além disso, um mesmo artista pode emplacar mais de um hit. Deste modo, a repetição de nomes deixa o programa previsível. SóTocaTop tentou sair do “mais do mesmo” no último sábado (13), com um especial infantil. Mas foi um caso isolado.

Temporada longa prejudica SóTocaTop

Quando foi anunciada a extinção do Estrelas, falou-se que as tardes de sábado seriam ocupadas por programas “de temporada”. Inicialmente, a faixa foi preenchida pela série especial As Matrioskas, em razão da Copa do Mundo. SóTocaTop entrou no ar na sequência. Na época, haviam boatos de que o musical iria apenas até outubro. No entanto, nunca foi anunciado um novo programa para o período seguinte, ou seja, tal informação nunca se confirmou.

O que se sabe é que, a partir de janeiro de 2019, o horário será ocupado por um novo programa de Otaviano Costa. A nova atração, que será um game show, deve ter duração de três meses. Assim, SóTocaTop deve retornar em abril. E será uma longa temporada, pois o musical deve ficar no ar, novamente, até o fim do ano.

Para não desgastar a fórmula e evitar repetições como a que está acontecendo atualmente, SóTocaTop devia ter temporadas menores. Três meses seguidos de uma boa pausa entre as safras faria muito bem ao programa. SóTocaTop não é ruim, mas sua fórmula tende a ficar cada vez mais previsível e repetitiva.

Leia também: Os Melhores Anos de Nossas Vidas resgata o programa de auditório “raiz”

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio