Escanteado

Fora da Copa do Mundo, Gabigol só foi “convocado” por Tite em novela da Globo

Atacante do Flamengo apareceu em lista fictícia no último capítulo de Quanto Mais Vida, Melhor!; relembre

Publicado em 07/11/2022

O técnico Tite anunciou nesta segunda-feira (7) os 26 jogadores que defenderão a seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar, e uma ausência chamou a atenção de torcedores e comentaristas de futebol: Gabigol, ídolo do Flamengo e autor do gol do título da Copa Libertadores da América, há nove dias. Escanteado na lista oficial, o jogador foi “convocado” para o Mundial apenas na ficção, em uma cena da novela Quanto Mais Vida, Melhor!.

No último capítulo, exibido em 27 de maio, Galvão Bueno atacou de ator e divulgou os relação de atletas no Bem, Amigos!, seu programa no canal pago SporTV. Na lista, constava um dos protagonistas da trama das sete, Neném (Vladimir Brichta), um quarentão que escapou da morte após ter sido baleado no peito.

Neném foi ídolo do Flamengo, atuou pela Roma e chegou a vestir a camisa 10 da seleção antes do penta. O veterano foi chamado pelo técnico Tite como uma forma de redenção, mas jamais teria chance na convocação real. Curiosamente, ele tomou a vaga de atletas como Gabriel Jesus e Antony, que figuram na lista revelada nesta segunda.

Para dar mais veracidade à convocação da novela, Galvão Bueno ainda citou cinco jogadores que poderiam ser chamados de verdade pela comissão técnica do Brasil: Neymar, Richarlison, Vini Jr., Raphinha e Gabigol. Quatro destes irão para o Catar.

Na ocasião, esta coluna previu que o artilheiro do Flamengo “só deverá constar na convocação da novela”, o que de fato ocorreu, mesmo com o aumento de 23 para 26 atletas e escolha de nove jogadores para o ataque.

“Vejam só os atacantes convocados. Neymar, Richarlison, Gabigol, Raphinha, Vinicius Jr. e uma surpresa? Não, surpresa, não, uma convocação muito merecida, foi chamado para defender a seleção brasileira e buscar o hexa o craque da camisa 10: Luca Marino, Neném!”, divulgou o narrador da Globo.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.