Faustão revela pedido da Band e diz por que Perdidos na Noite nunca voltará à TV

Apresentador participou do podcast Rap 77, de Júnior Coimbra, filho de Zico

Publicado em 12/01/2022 17:38
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em rara entrevista, Faustão contou histórias de sua carreira e antecipou novidades da reestreia na Band ao podcast Rap 77, de Júnior Coimbra, filho do ex-jogador Zico. O apresentador revelou detalhes da negociação com o presidente da emissora, Johnny Saad, e o vice-presidente executivo, André Aguera, para comandar uma atração totalmente diferente do Domingão. Na conversa, surgiu a ideia de um programa diário, em horário nobre, com um quadro diferente por noite.

“Foi um pedido do próprio Johnny e do André Aguera, que é um executivo extraordinário que tem na Band, de que eles precisavam de uma programação. Falei: ‘Olha aí, eu depois de velho vou inventar essa história!’. Porque eu estava em uma praia que já é minha de bastante tempo, que era o domingo. Aí eles toparam. Falei: ‘Então vamos fazer, mas só que tem que ser de segunda a sexta, das 20h30 às 22h30’. Mas eles pediram que fizesse uma programação. Falei: ‘Para fazer o mesmo tipo de programa, não vale a pena. Vamos tentar um programa diferente por dia, e é o que a gente vai tentar fazer’”, afirmou Fausto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador também falou seu principal objetivo na nova atração: “Principalmente, levar alegria, otimismo. Ninguém aguenta desgraça, tristeza, esse país está um negócio que é só para baixo”.

Faustão na Band, com estreia confirmada para a próxima segunda-feira (17), marca o retorno do comunicador ao canal onde trabalhou durante dois anos, entre 1986 e 1988, no comando do Perdidos na Noite. Até hoje, o programa é lembrado por seu teor anárquico e politicamente incorreto.

Embora esteja na mesma casa que o projetou para a Globo, Fausto Silva descartou qualquer possibilidade de resgatar o “velho” Perdidos. Para ele, é impossível um programa como este ir ao ar na TV atual.

“É muito difícil nos tempos de hoje. Hoje em dia está tudo muito chato, fica todo mundo com o estilingue na mão. Antigamente, a fofoqueira do bairro você sabia quem era, é a que põe a cadeira na calçada e fala de Deus e o mundo. Hoje não. Os caras ficam todos com as suas invejas, ciumeiras, tudo. Não pode levar muito a sério, não”, analisou.

Veja trechos do Perdidos na Noite, programa apresentado por Fausto Silva na Band:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio