Demitido da Globo, repórter Alexandre Oliveira vai trabalhar na “TV de Bolsonaro”

Jornalista passa a integrar equipe esportiva da TV Brasil, vinculada ao governo federal

Publicado em 24/10/2021 13:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma semana após ter anunciado sua saída da Globo, o repórter esportivo Alexandre Oliveira já conseguiu um novo emprego e voltou à televisão. Neste final de semana, o jornalista começou a trabalhar na TV Brasil, emissora pública administrada pela EBC (Empresa Brasil de Comunicação), entidade do governo federal.

Alexandre Oliveira participou das transmissões da Liga Nacional de Futsal, transmitida pela TV Brasil, cobrindo a vitória do São José contra o Marechal, em São José dos Campos (SP), e a goleada do Joinville sobre o Santo André, em São Bernardo do Campo (ABC paulista). O repórter trabalhou intensamente durante a paralisação da partida durante 20 minutos, em razão da queda de energia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último sábado (23), Alexandre Oliveira comemorou em sua rede social seu primeiro “freela”. A coluna apurou que o jornalista não foi contratado pela TV Brasil e que o emprego é temporário. A equipe técnica da transmissão também é terceirizada, realizada por uma produtora de vídeo com passagens por SBT, TNT, Jovem Pan e Rede Brasil.

Alexandre Oliveira na TV Brasil (Montagem/Reprodução/Instagram)

Criada em 2007 pelo ex-presidente Lula, a TV Brasil foi reformulada após o impeachment de Dilma Rousseff, com a demissão de profissionais vinculados ao governo deposto e constantes ameaças de encerramento das atividades. O atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), incluiu a extinção ou privatização da emissora pública em suas promessas de campanha, porém não a cumpriu e achou melhor aparelhá-la com apoiadores.

Alexandre Oliveira foi demitido e se despediu da Globo no último dia 15. Em sua rede social, publicou que, após 15 anos de casa, “o ciclo acabou”: “Quando você sai de um trabalho é também um forma de renovar aquele ambiente. E a sua vida também vai ter que se reinventar. Foram 15 anos reportando e apresentando. Uma vida, um ciclo que acabou! Mas foi muito legal!”.

Embora esteja atualmente em uma TV comandada por opositores da Globo (o governo Bolsonaro trata a rede carioca publicamente como “inimiga”), Alexandre Oliveira não guardou mágoas e agradeceu à antiga casa pelas oportunidades, como as viagens internacionais (26 no total) e coberturas de grandes eventos esportivos, incluindo Jogos Olímpicos. Em um de seus últimos trabalhos, destacou-se no Em Ponto, onde até bateu uma bolinha com o apresentador José Roberto Burnier e a comentarista Julia Duailibi.

“Sinto um orgulho imenso de ter o respeito e o carinho de quem não aparece e nem manda. Cada cinegrafista de estúdio, de rua, de transmissão. Cada UPJ, cabo man, iluminador, motorista, figurinista, maquiador, camareira, coordenador, motoqueiro, recepcionista… que gostavam não só do meu trabalho, mas que gostavam de mim, do Alê. É isso que eu levo. Uma baita experiência profissional e uma enorme vivência humana. Aos amigos que fiz lá dentro são para a vida”, escreveu.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio