Exclusivo

De volta à TV no SBT Folia, Michelle Barros celebra liberdade após 12 anos na Globo: “Fui podada”

À coluna, jornalista fala sobre transição para o entretenimento e antecipa novidades na internet

Publicado em 23/01/2023

Michelle Barros anunciou seu retorno à TV em seu ambiente mais confortável: o Carnaval. A jornalista, que se demitiu da Globo logo após os desfiles em São Paulo, comandará o SBT Folia, em fevereiro, na casa onde já levou torta na cara e foi anunciada no Bake Off Brasil Celebridades. Em entrevista exclusiva à coluna, a apresentadora revela estar feliz “virando a chave” dos telejornais para o entretenimento.

“Sempre fui aquela moça do Carnaval que a pessoa via antes e falava: ‘Ela está bêbada!’. Quem me conhece sabe que sou superlativa, faço caras e bocas. Eu fui podada! ‘Você está exagerando!’. Era um exercício difícil para mim. Mas o Carnaval sempre foi onde eu me sentia à vontade, podia ser quem sou. Fui substituta dos âncoras durante sete anos, e no começo eu tinha que me forçar a ser séria, porque me pediram isso: ‘Você não pode ser tão informal’. Depois, a ex-chefe chegou para mim: ‘Você pode ser como você é’. ‘Posso?’. Isso marcou a minha virada total na condição dos telejornais”, explica Michelle.

No SBT, Michelle Barros tem encontrado oportunidades para entrar de vez no entretenimento, seu desejo desde a Globo. Já competiu com Dony de Nuccio no Jogo das 3 Pistas, do Programa Silvio Santos, e está confirmada na terceira temporada do Bake Off com famosos. O “batismo” ocorreu no Passa ou Repassa, quadro do Domingo Legal, onde levou muita torta na cara.

“Muitas pessoas dizem sentir minha falta nos telejornais. Isso me preenche de uma forma. Mas quero passar para o entretenimento, e o Carnaval me permitiu isso. Depois que sai, visitei o Faustão na Band e fiquei nervosa. Quando fui aos outros programas, consegui me liberar mais (risos). Isso vai dando uma naturalidade, estou achando muito bacana. Estou muito feliz com essa transição”, celebra.

Internet, exposição e memes

Michelle Barros foi anunciada no Bake Off Brasil - Celebridades
Michelle Barros foi anunciada no Bake Off Brasil – Celebridades

Na TV e na internet (onde prepara conteúdos para seu canal no YouTube), Michelle Barros quer expandir sua espontaneidade além do Carnaval. Depois que pôde ser mais informal no jornalismo, descobriu que tinha memes e até fã-clube! A apresentadora passou a usar a fama inusitada a seu favor também nas redes sociais.

“Conheço o pessoal do fã-clube, eles viraram amigos! Eles são maravilhosos! Fiquei muito surpresa e impactada quando soube a primeira vez. Sou muito grata a eles, estão comigo todo dia! Eles postam ou repostam vídeos, nos meus aniversários eles fizeram surpresa, mandaram entregar coisas aqui em casa. Fiquei impressionada com esse carinho. Deus é muito bom comigo, porque essas pessoas transformam a vida”, conta a jornalista, com a voz embargada.

O sucesso também rendeu comparações. O Fofocalizando desta segunda, por exemplo, anunciou Michelle no SBT Folia como “sósia” da cantora Cher, apelido que a acompanha desde a Globo.

“Fico muito feliz quando me comparam com a Cher, a primeira vez que compararam achei o máximo, sou fã da Cher, ela é maravilhosa! Quando me comparam com a Mortícia Addams também. Pelo amor de Deus, ela é um escândalo! Também me compararam com a Melisandre, de Game of Thrones. Acho o máximo que façam meme de mim, que brinquem, porque a vida não tem graça se a gente não dá risada. E eu dou risada mesmo, em qualquer lugar (risos)! Se a gente não puder dar risada da gente mesmo, qual a graça de viver?”, reflete.

Michelle também quer transformar sua popularidade em instrumento para se aproximar dos interesses das mulheres, seu público-alvo na internet. Ela diz receber mensagens de fãs que a enxergam como um ícone do empoderamento feminino.

“Mulheres falam das dificuldades que estão passando, que têm filho, que sofreram preconceito no trabalho quando estavam grávidas, as dificuldades financeiras. Significa que eu dei abertura para elas. Vim de uma família muito pobre, minha mãe era professora da rede pública, não tive pai, engravidei com 18 anos e o pai biológico não assumiu. Fiquei sozinha com meu filho até ele completar cinco anos, quando conheci meu ex-marido. Não tinha dinheiro, pegava dois ônibus para ir à faculdade, trabalhava no outro horário. Fico muito feliz quando as mulheres olham para mim, em uma situação muito melhor, e se inspiram na caminhada. Meu maior desejo é, de alguma forma, retribuir esse carinho compartilhando experiências de outras mulheres que encontraram adversidades e conseguiram transformar suas vidas”.

Michelle Barros

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.