Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Eleições

Datena desiste de ser “terceira via” no PSL e deixará Band para disputar Senado pelo PSD

Apresentador do Brasil Urgente encerrará trajetória na TV para se arriscar na política

Publicado em 02/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

José Luiz Datena deixará a Band em 2022 para disputar as eleições, porém não como candidato a presidente. O apresentador do Brasil Urgente, durante conversa ao vivo com Cátia Fonseca, revelou ter desistido de tentar o Palácio do Planalto e decidiu concorrer ao Senado pelo PSD, partido do ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.

“Vou deixar o PSL e ou vou para o PSD, que é o partido do Kassab, isso aí já está definido”, afirmou Datena durante o Papo de Janela com Cátia Fonseca no encerramento do programa Melhor da Tarde desta terça-feira (2). Ele havia se filiado ao PSL para se candidatar à Presidência da República como a chamada “terceira via” contra Lula e Jair Bolsonaro, mas optou por sair do partido após a fusão com o DEM.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Houve essa fusão com o DEM. Não que eu goste do que esteja acontecendo, porque já não é problema mais meu, espero que o partido seja grande, cada vez maior, mas eu não me dei muito bem com a fusão, não gostei dessa fusão e só fiquei sabendo quando já estava definida. Por isso resolvi sair e seguir o meu caminho”, disse.

O favorito para representar o PSD na corrida ao Planalto é Rodrigo Pacheco, atual presidente do Congresso Nacional. Datena antecipou que será anunciado por Gilberto Kassab como candidato ao Senado.

“Gostaria muito de servir ao Brasil como presidente ou como vice do Ciro [Gomes, pré-candidato à Presidência pelo PDT]. Posso ser vice do Pacheco, mas gostaria de servir ao meu estado, que me deu tanto até hoje. Queria devolver e um dia, quem sabe, possa servir ao Brasil. Mas eu vou ser candidato a alguma coisa. O Kassab deve me lançar como candidato ao Senado e eu vou me filiar”, contou a Cátia Fonseca.

Para virar candidato, Datena deverá deixar a TV, exigência da legislação eleitoral. O jornalista comanda o Brasil Urgente, quase de forma ininterrupta, desde março de 2003. Chegou a trocar a Band pela Record em 2011, mas sua passagem pelo Cidade Alerta durou apenas 43 dias.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....