Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Novela das 18h

Alexandra Richter relembra convite para Além da Ilusão em dia atípico: “Estava aos prantos”

Atriz viverá Julinha, uma mulher simpática viciada em jogos

Publicado em 26/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Além da Ilusão estreia dia 7 de fevereiro na Globo e destaca uma série de figuras cativantes. Julinha é o papel de Alexandra Richter, uma mulher simpática e divertida.

Casada com Constantino Andrade (Paulo Betti), toca com o marido o Oásis Cassino. Além disso, é mãe da bela Arminda (Caroline Dallarosa) e filha da viúva Sandra Figueiredo (Arlete Salles).

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Poderia ser uma vida perfeita, mas Julinha é viciada em jogo. Ela ama tentar a sorte no carteado, mas é proibida pelo marido. Todavia, ela sempre consegue dar suas escapadas, colocando Geraldo (Marcello Escorel), o crupiê do cassino, em maus lençóis com o patrão.

A Julinha é uma mulher muito simpática, alegre, feliz no casamento, que adora o marido, a filha, mas que tem um probleminha com jogo. Como Constantino é dono do cassino, ele a impede de jogar e ela fica na fissura”, adiantou a atriz.

Alexandra também destacou a parceria com Paulo Betti. “É um casal que está junto há algum tempo, mas eles têm química, um foguinho sempre aceso, isso é muito gostoso e eu acho que o público vai adorar um casal mais velho que se ama, que se curte, e briga também, porque ela o enlouquece, coitado, ele fica desesperado, não consegue segurar“, disse.

Julinha (Alexandra Ritcher), Constantino (Paulo Betti) e Arminda (Caroline Dallarosa) em Além da Ilusão (Globo/João Miguel Júnior)

Convite em dia atípico

Segundo a atriz, ela foi convidada para Além da Ilusão em um momento curioso: no dia da morte de Paulo Gustavo. Assim como várias pessoas, ela estava em um dia atípico, sofrendo pela perda do amigo.

“O Luiz [Henrique Rios] me ligou no dia 4 de maio, que foi um momento muito significativo, porque foi o dia da morte do Paulo [Gustavo]. Ele ligou e eu estava aos prantos, e até achei que a ligação fosse pra me dar um beijo, pela perda, porque nós trabalhamos juntos muito tempo, mas ele veio com o convite, e foi muito importante”, destacou.

Para a veterana, foi algo bom em meio a tanta tristeza. “Eu fiquei muito mexida, muito feliz ao mesmo tempo, e com uma sensação de que, quando as coisas estão em sintonia, elas seguem um fluxo”, contou.

“Foi mágico o Luiz me convidar no dia em que Paulo morreu, foi mágico fazer uma preparação com todo mundo muito emocionado… A gente fez a preparação de máscara, mas estavam todos tão expressivos, que parecia que a gente via tudo, o rosto inteiro, não só os olhos. Eu estou muito feliz!”, completou Alexandra.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....