Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Insuportáveis

Além dos protagonistas: quem realmente deveria morrer em Quanto Mais Vida, Melhor!

Alguns personagens intragáveis merecem ter um desfecho trágico na novela

Publicado em 13/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quanto Mais Vida, Melhor! está na reta final e o grande mistério ganha força: quem vai morrer no último capítulo da novela? Muito além dos protagonistas, alguns coadjuvantes mereciam encontrar a Morte (A Maia).

Desde que se envolveu um grave acidente de avião, o quarteto principal ficou na mira da ceifadora. Entretanto, todos acabaram humanizados e conquistaram o público. Guilherme (Mateus Solano), a principal aposta inicial, se tornou um dos personagens mais queridos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Neném (Vladimir Brichta) já começou com grande popularidade e também evoluiu na trama. Da mesma forma, Flávia (Valentina Herszage) sempre foi a queridinha dos telespectadores. A mais sofrida entre os quatro protagonistas.

Para se ter ideia, até a insuportável Paula (Giovanna Antonelli) ganhou torcida para não morrer. Na reta final, ela tem emocionado com o drama da filha perdida. Além disso, também melhorou muito.

Sendo assim, com a falsa morte do quarteto, quem merece partir dessa para melhor na novela das sete? Listamos alguns coadjuvantes insuportáveis para o posto.

Roni (Felipe Abib)

Roni é uma forte aposta para morrer no final da trama. O personagem está se redimindo após descobrir que Tina (Agnes Brichta) é a sua filha.

Além disso, o bandido pode ser o responsável pelo transplante de coração de Bianca (Sara Vidal). Essa é uma forte teoria para o desfecho do filho de Nedda (Elizabeth Savalla). Assim, a Morte escolheria ele em vez de um dos protagonistas.

Roni (Felipe Abib) de Quanto Mais Vida, Melhor!

Cora (Valentina Bandeira)

Cora consegue ser mais insuportável que o marido, Roni. Além de uma vilã intragável, irrita pelas caretas que faz, deixando o público com muita raiva.

A grande algoz de Flávia deve pagar pelos seus crimes no final da novela. Um deles é a morte após trair Roni e se unir a Tucão (Renato Livera).

Cora (Valentina Bandeira) em Quanto Mais Vida, Melhor! (Reprodução/TV Globo).

Odete (Luciana Paes)

A chatíssima Odete tem falha de caráter e não cansou de aprontar por toda a trama. Após chantagear Paula, ela vai ser escorraçada por Juca.

Ao que tudo indica, a megera não deve ter um final feliz. Quem sabe, então, a Morte venha buscá-la.

Odete (Luciana Paes) em Quanto Mais Vida, Melhor!

Celina (Ana Lúcia Torre)

Celina é tão insuportável que nem a própria família aguenta. A mãe de Guilherme já deu inúmeras provas que não presta e que só piora.

Sendo assim, se a vilã não terminar abandonada, pode morrer para deixar muita gente em paz. Será?

Celina (Ana Lúcia Torre) em Quanto Mais Vida, Melhor!

Rose (Bárbara Colen)

A gente até tenta, mas defender Rose tem sido cada vez mais difícil. A personagem entrou para a lista de ranços do público, ainda mais pelos discursos e palestrinhas.

Vista como chata, a modelo não faria falta no fim da trama. Sua morte abriria caminho para o envolvimento entre Paula e Neném, casal adorado pelos telespectadores.

Rose (Bárbara Colen)

Edson (Stepan Nercessian)

Esse só entrou na novela para irritar. O ex de Nedda contribuiu apenas para atazanar a vida da cabeleireira e de Osvaldo (Marcos Caruso).

Além da morte de Edson ser uma boa, ele poderia levar a chatíssima fofoqueira Tetê (Zezeh Barbosa) com ele. Um bom desfecho para o casal golpista.

Edson (Stepan Nercessian) em Quanto Mais Vida, Melhor! (Reprodução/Globo)
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....
Pular para a barra de ferramentas Sair