Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
trama mexicana

Sabia que Artêmio e Gonçalo de Amanhã é Para Sempre são ‘a mesma pessoa’?

Antagonista e protagonista escondem detalhe inusitado. Conheça!

Publicado em 04/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quem acompanha a novela Amanhã é Para Sempre no SBT deve conhecer todas as atrocidades cometidas por Bárbara Greco (Lucero) a mando do grande vilão: Artêmio Bravo.

Durante todo o folhetim, o alvo maior do pilantra é Gonçalo Elizalde. Artêmio quer por que quer destruir toda a família do empresário, pouco a pouco, até chegar definitivamente nele.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A primeira vítima foi Montserrat (Erika Buenfil), a esposa de Gonçalo. Ela foi assassinada nos primeiros capítulos justamente por Bárbara, uma espécie de capanga de luxo de Artêmio, que se instalou na casa dos Elizalde para promover a discórdia.

Viúvo, Gonçalo se viu desamparado e acabou abrindo espaço para Bárbara tomar conta tanto de sua casa quanto de sua vida. Ele se casa com a vilã sem nem imaginar o que ela esconde.

Protagonista e antagonista: a mesma pessoa?

Se na história mexicana Artêmio e Gonçalo são extremamente diferentes, por trás das câmeras eles são, digamos, iguaizinhos!

Rogelio Guerra na juventude e em seus últimos anos de vida (Reprodução)

Isso porque os dois personagens, protagonista e antagonista de Amanhã é Para Sempre, são interpretados pelo mesmo ator, Rogelio Guerra.

Tudo indica que a escolha do ator tenha sido por conta das semelhanças físicas mesmo, afinal, mais para a frente, o público descobrirá que eles são irmãos.

Ator já faleceu

Para quem não sabe, Rogelio Guerra, cujo nome de batismo era Hildegardo Francisco Guerra Martínez, foi um dos atores mais conhecidos da teledramaturgia mexicana. Além de novelas, ele também atuou no cinema e trabalhou como dublador.

Sua carreira começou ainda na década de 1960 atuando em filmes estilo ‘western’. Depois, já na TV, ele fez o maior sucesso na novela clássica Os Ricos Também Choram, de 1979.

Amanhã é Para Sempre marcou a volta de Guerra para a Televisa, em 2008, com o presente de poder fazer dois papéis icônicos na mesma trama.

Como dublador, ele deu voz a personagens célebres, como o Rei Théoden em O Senhor dos Anéis: As Duas Torres e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei.

Confira também: Amanhã é Para Sempre: quatro atores já morreram

Leia outros textos AQUI.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....