Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
recap novela

Chantagem de Stephany em Um Lugar ao Sol não faz o menor sentido

A nova faceta da personagem enfraquece a abordagem da violência contra a mulher

Publicado em 10/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Entre os vários temas urgentes que Lícia Manzo se propôs a retratar em Um Lugar ao Sol está a violência contra a mulher. Por meio de Stephany (Renata Gaspar), a trama mostrou as dificuldades de uma mulher que sofre com um marido violento, mas que, por uma série de razões, não consegue se livrar dele.

A trajetória de Stephany foi mostrada de maneira muito calcada na realidade. A jovem foi apresentada como uma mulher solar, mas que tinha sérias dificuldades em lidar com o marido Roney (Danilo Grangheia), que a trata com violência.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Apesar do jeito bruto do marido, Stephany sempre o aceitava de volta. Ela temia perder a casa e a “falsa segurança” de um casamento. Além disso, ela claramente não conseguia eliminar os sentimentos que sentia por ele, apesar dos pesares. Stephany sempre repetiu chavões como “agora vai ser diferente” ou “ele mudou” para seguir com seu casamento. Algo, infelizmente, muito comum na vida real.

Apesar de seu drama, nada em Stephany indicava que a irmã de Érica (Fernanda de Freitas) fosse uma mau caráter. Pelo contrário. Quando não estava diante de uma situação de violência, a moça surgia divertida, ressaltando pequenos prazeres da vida, como ir à praia ou tomar uma cerveja. Ela ostentava uma energia positiva e até um senso de humor. Com isso, ficava ainda mais triste vê-la passar por um casamento tão infeliz.

Mas agora, na reta final de Um Lugar ao Sol, Stephany foi transformada numa chantagista. A moça descobriu o segredo de Christian (Cauã Reymond) e se aproveita da situação, engatando inclusive um caso com o rapaz. Uma atitude que não combina com o que vimos de Stephany até aqui.

Trata-se de um problema dentro da trama sobre violência contra a mulher. Ao mostrar Stephany como uma pessoa “do mal”, Um Lugar ao Sol corre o risco de “justificar” toda a violência sofrida por ela. Claro, nem isso justifica uma mulher apanhar do marido, longe disso. Mas, ainda assim, sempre há de aparecer alguém equivocado para apontar que a moça apanhou “porque mereceu”. A novela acabou abrindo margem a isso.

Em suma: esta nova faceta de Stephany não apenas não faz o menor sentido, como ainda joga terra na boa campanha sobre violência contra a mulher que Um Lugar ao Sol vinha fazendo até aqui. Uma pena.

Confira outros conteúdos da coluna e do colunista ou entre em contato

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....