O Tempo Não Para: Após ser baleada por Livaldo, Marocas corre risco de morte 

Marocas (Juliana Paiva) em O Tempo Não Para
Publicidade

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Marocas (Juliana Paiva) ficará entre a vida e a morte após ser baleada por Livaldo (Nelson Freitas), seu sogro. Vale ressaltar, que o tiro não foi proposital. Ela irá ao local do embate entre Dom Sabino (Edson Celulari) e Livaldo, avisar ao pai, que Lalá (Micael) trocou a bala de sua arma a mando de Lúcio (João Baldasserini); colocando uma munição de festim no lugar.

Ao empurrar o seu pai no momento do disparo, a jovem será atingida pela bala da arma de Livaldo, que se trata de  uma munição real. Samuca também empurrará o seu pai, que não sabia da troca de munição. “Meu pai… Sua munição era de festim!… Alguém queria a sua morte!”, dirá Marocas, após derrubar o seu papá. “Mas estou vivo… O tiro não me acertou”, acrescentará Dom Sabino, sem perceber que sua filha fora alvejada. “Sua hora ainda não chegou, papá”, acrescentará a jovem do século retrasado.

Leia também: Dom Sabino desmascara Lúcio: “Basta dessa encenação de bom moço”

Continua depois da publicidade

Risco de morte…

Dom Sabino dirá a filha, que ela arriscou a sua vida por ele. “Filha… você não devia ter se arriscado desse jeito!”, acrescentará Dom Sabino, dando um pito na primogênita. “Oras… pelo senhor atravesso desertos e mares até…”, dirá Marocas, que se calará, e ficará pálida. Dom Sabino perceberá que a filha fora alvejado por um tiro, disparado pelo sogro. “Meu Deus!… Marocas foi atingida! Minha filha foi alvejada… (passa a mão no rosto dela) Fale comigo, Marocas”, gritará Dom Sabino, apavorado. “A gente tem uma vida linda pela frente, juntos… Lembra do nosso combinado?… Viver um dia de cada vez, aproveitando ao máximo a companhia do outro… E isso ainda tá só começando”, dirá Samuca, que segurará a mão da amada, ainda desacordada. Ela será levada para o hospital, onde será operada, e não correrá risco de morte.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade