Audiência: Estreia de nova fase faz Éramos Seis bater recorde negativo semanal

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Parece que a estreia da segunda fase de Éramos Seis não agradou muito ao público que vinha acompanhando o folhetim das 18h. De acordo com dados do jornalista Daniel Castro, a história de Ângela Chaves amargou recorde negativo semanal em seus primeiros capítulos ambientados na década de 1930.

A saga estrelada por Glória Pires contabilizou, entre os dias 4 e 9 de outubro, média de 20,1 pontos na Grande São Paulo. Trata-se não só da pior performance semanal da trama atual, como do desempenho menos expressivo da faixa das 6 da tarde desde junho deste ano, quando Órfãos da Terra registrou 19,7.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mais curioso de tudo é que a expectativa para a segunda fase de Éramos Seis era justamente o oposto do que se concretizou nos números. Esperava-se que a entrada de nomes como Nicolas Prattes (Alfredo), Giullia Buscacio (Isabel) e Danilo Mesquita (Carlos), todos jovens talentos com apelo comprovado junto ao grande público, fosse alavancar – e não despencar – a audiência da atração global.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais