Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
NOVO LAR

Star Trek: Discovery deixa a Netflix; 4ª temporada chega ao Brasil com atraso

Atração vai migrar para o streaming Paramount+, em mais um capítulo da guerra dos streamings

Publicado em 17/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A série Star Trek: Discovery deixou a Netflix nesta quarta-feira (17), um dia antes da estreia da quarta temporada. O streaming Paramount+ será a nova casa da atração no Brasil. A mudança deixa os fãs da ficção científica no vácuo, pois a nova leva de episódios será lançada na plataforma da ViacomCBS somente no ano que vem.

Nos Estados Unidos, Star Trek: Discovery vem com a quarta temporada na quinta (18). Nas temporadas anteriores, os episódios inéditos entravam na Netflix um dia após a exibição em território americano. Agora, os fãs brasileiros têm de se contentar com a promessa da nova leva chegar em algum momento de 2022.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Todas as temporadas serão exclusivas do Paramount+, em todo o mundo. Essa alteração de rumo é devido a uma estratégia da ViacomCBS que é um pouco complexa, mas vale a pena ser explicada.

Tática na guerra dos streamings

O grupo ViacomCBS produz Star Trek: Discovery sob o selo CBS Studios. Lá em 2017, quando a série foi lançada, ela era atração nos EUA do finado streaming CBS All Access, sem presença mundial. Assim, os direitos internacionais estavam em aberto.

A ViacomCBS firmou uma parceria com a Netflix para a distribuição ao público fora dos EUA. A gigante do streaming, inclusive, ajudava a pagar as contas do drama espacial. O acordo durou duas temporadas e foi encerrado agora em novembro, antes da quarta leva.

Isso porque a ViacomCBS pretende ser mais agressiva na guerra dos streamings. Em 2019, as empresas Viacom (dos canais MTV, Paramount Network, Nickelodeon, entre outros) fez uma segunda fusão com a CBS. Na época, existiam as plataformas CBS All Access e a Paramount+. Uma acabou em detrimento da outra.

O conglomerado juntou tudo no Paramount+ e quer fazer desse streaming uma força nas trincheiras. Por isso, o conteúdo original comercializado anteriormente com terceiros, como o caso de Star Trek: Discovery, deve ser tomado de volta. O objetivo é fazer lançamentos globais, ação praxe dessa indústria. 

Porém, o negócio está meio atrapalhado e ocorreu esse problema com a série protagonizada por Sonequa Martin-Green. A estreia da quarta temporada de Discovery será mundial sim, porém atrasada em comparação aos EUA.

Em tempo: por enquanto, a série Star Trek: Picard continua no Prime Video.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....