Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
RIGOROSA

Audiência, custo ou avaliação: por que a Netflix cancela tantas séries?

Gentefied é a vítima mais recente dos cancelamentos aplicados pela gigante do streaming

Publicado em 14/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O ano mal começou e a Netflix cancelou mais uma série. A vítima da vez foi a comédia dramática latina Gentefied. A decisão de não continuar com a trama veio dois meses após o lançamento da segunda temporada, em 10 de novembro. O que levou a Netflix a optar pelo fim da atração: a baixa audiência, o orçamento ou a avaliação da crítica e do público?

Gentefied se encaixa perfeitamente no modelo que a Netflix usa, na maioria dos casos, para determinar o futuro de uma série: a audiência. Embora muito elogiada pela mídia especializada, querida pelos assinantes e com um custo de produção acessível, a comédia dramática não apareceu em nenhum momento no top 10 da plataforma, na segunda temporada.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O consumo predatório provocado pela própria Netflix, com uma avalanche de séries lançadas semanalmente, culmina na audiência aquém do esperado de algumas tramas na segunda e terceira temporadas, maldição que poucas atrações conseguem espantar. 

Isso afeta principalmente as séries da segunda prateleira, as que não estão no nível de audiência de The Witcher, Cobra Kai e Emily em Paris, atrações lançadas recentemente. Para um drama ou comédia chamar a atenção do público em meio a tantas opções, contando outros programas disponíveis no catálogo, é necessário vencer uma missão espinhosa.

Um novo hábito

Daí, muitas pessoas criaram um novo hábito, o de começar assistir a uma série apenas quando ela passar da primeira ou segunda levas de episódios. A defesa dessa postura é o fato de não adiantar investir tempo em uma produção novata, gostar da história ali representada e ficar frustrado lá na frente com um cancelamento devido à baixa audiência.

Cria-se um ciclo vicioso, desafio para a própria Netflix resolver, pois há muitos fãs de séries canceladas desanimados com a gigante do streaming por causa desse padrão de negócios implacável. Não deu audiência, tá fora. Lembrando: quem custeia o streaming são os assinantes.

Nesse debate, é importante citar um dado. Não passa de impressão o sentimento de a Netflix cancelar mais séries do que plataformas ou canais rivais. Segundo a Variety, no ano passado, a taxa de renovação da Netflix esteve na média do mercado, entre as séries com duas ou mais temporadas: 60%. A HBO está acima nesse cálculo (67%), por exemplo.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....