Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
PREMIAÇÃO

Emmy: como o marketing virou elemento decisivo para séries emplacar indicações

Cercada de muita propaganda, votação para a escolha dos indicados foi encerrada na segunda (27)

Publicado em 28/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Para uma série ganhar indicação ao Emmy de 2022, não bastou ser uma boa produção de entretenimento: precisou ser boa de publicidade. Dentro da velha filosofia “quem não é visto não é lembrado”, o marketing foi elemento decisivo na busca por vagas no maior prêmio da televisão. Isso em razão do volume astronômico de séries inscritas na cerimônia (350), cada uma delas visando chamar a atenção dos votantes.

Pouco mais de 20 mil integrantes da Academia de Televisão americana, organizadora do Emmy, já entregaram os votos de todas as categorias da premiação; o processo de eleição se encerrou na última segunda-feira (27). Agora é hora de contabilizar as escolhas e, em 12 de julho, os indicados à 74ª edição do Oscar da TV serão conhecidos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Mesmo antes de começar o período de votação, de apenas 12 dias, estúdios e produtoras começaram a disparar campanhas em sites americanos expondo alguma série digna de Emmy. O foco das propagandas foram os veículos mais prestigiados de Hollywood.

Anúncios de Lakers: Hora de Vencer (acima) e The Morning Show

Esse tipo de ação, chamada em inglês de For Your Consideration (Para Sua Consideração, em tradução direta), sempre existiu. Mas o que se viu neste ciclo foi a necessidade de fazer inúmeras propagandas de uma atração específica para ela não cair no esquecimento e ser atropelada por tantas outras.

Pega-se o caso de Maid. A minissérie da Netflix, lançada em outubro de 2021, está na disputa deste ano. Porém, a trama foi exibida meses atrás, tornando-se assim necessário recordar os votantes. De lá para cá, várias minisséries fortes entraram no jogo. Estrear próximo do período de votação eleva as chances de ser lembrada.

Quem escolhe os indicados ao Emmy tendem a votar em vencedores antigos ou naquelas séries, atores e atrizes que estão na boca do povão. Mesmo assim, até atrações como Succession e Ted Lasso, respectivamente vencedoras no passado nas categorias melhor drama e comédia, também fizeram campanhas FYC fortes.

Propagandas FYC de Loki (acima), Depois da Festa e Dopesick

A alma do negócio

O lema “propaganda é a alma do negócio” se aplicou no mundo hollywoodiano das séries que desejavam disputar as estatuetas do Emmy de 2022. Além de anúncios em sites, outros meios foram usados, como revistas, outdoors (na cidade de Los Angeles, de preferência) e eventos.

Basicamente, essas publicidades tentaram exaltar a força de uma série específica. Se o drama contou com elenco de primeiro nível, eis o destaque. E frases de efeitos coletadas de reviews positivas fizeram parte do pacote, citando a avaliação da série, se foi cinco estrelas ou nota 10, algo assim.

A propaganda foi essencial por uma questão básica: será que os votantes assistiram a todas as séries inscritas? Só dramas foram 171; comédias, 118; minisséries, 61. Determinado anúncio serviu para lembrar um integrante da academia de ver aquela série destacada, por exemplo, pois foi bem fácil se perder nesse montante de 350 séries a serem analisadas.

Claro, muitas atrações sem condições de brigar por uma indicação mesmo assim se inscreveram. Dessas deu para passar batido. Mas foram muitas produções excelentes no páreo. Por isso não bastou ser boa somente na execução do projeto. Na era da TV no auge, a propaganda rumo ao Emmy tornou-se fundamental. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....