Novela

Olga come bombom, berra de prazer com Peixoto e Terêncio aparece: “Que pouca vergonha é essa?”

O delegado fica espantado com a atitude da filha

Publicado em 23/05/2023

Olga (Priscila Fantin) irá na delegacia falar com Peixoto (Ângelo Paes Leme) em Chocolate com Pimenta. O soldado oferecerá para a malvada um dos bombons vendidos por Ana Francisca (Mariana Ximenes). “É diferente, é picante”, comentará a víbora.

“Por acaso esse é um dos bombons da viuvinha? Daqueles que faz moças como eu cometer loucuras?”, perguntará a cínica. “Loucuras não. Esse bombom só faz o sangue arder quando uma pessoa sente atração pela outra”, rebaterá o moreno.

“E você acha que eu possa sentir atração por você, verme?”, questionará Olga. “Os vermes também têm suas qualidades. Não quer que eu prove?”, questionará o soldado. “Verme, prove se for capaz”, afirmará a mulher, agarrando Peixoto.

“A conversa entre eles está demorando. Será que eu devo entrar? Acho que não, minha filha é esperta, deve estar arrancando informações”, comentará Terêncio (Ernani Moraes), do lado de fora da delegacia. De repente, o delegado escutará berros e gemidos.

“Que barulho é esse? Isso não parece um interrogatório”, avaliará o corrupto, entrando no local e flagrando a herdeiro agarrada com o soldado. “Que pouca vergonha é essa? Muito bonito, você que vive chamando ele de verme. Agora estava aos beijos e abraços com ele?”, perguntará Terêncio, chocado.

“Eu não sei o que houve. De repente eu senti o meu sangue fervendo”, dirá Olga. “Eu sei o que houve. A paixão dentro de você estourou igual pipoca”, avaliará Peixoto. “Ora, cale-se, verme! Você se aproveitou da minha fraqueza!”, xingará a pilantra.