Fim da linha

Fuzuê: Rebeca dá voz de prisão a Preciosa e César: “Polícia Federal, armas no chão!”

Miguel ajuda a delegada plantando escuta em hotel

Publicado em 26/02/2024

A carreira no crime não acabará nada bem para Preciosa (Marina Ruy Barbosa) e César (Leopoldo Pacheco) nos próximos capítulos de Fuzuê. Contrabandeando pedras preciosas, pai e filha serão presos pela delegada Rebeca (Vitória Strada) enquanto negociam com um fornecedor.

Tudo começa quando, no hotel em que estão hospedados, Preciosa pede para ver as mais novas mercadorias adquiridas pelo pai. “Deixa eu ver as turmalinas. Onde você enfiou?“, pede a ruiva. “Não é hora de mexer nisso… Elas estão bem guardadas, escondidas“, responde César.

Você não tem mais ninguém, papai. Chegou a hora de confiar em mim. A gente é parceiro ou não é? É bom que você divida essa roubada comigo, porque, se tudo der errado…“, pressiona-o a vilã. “Elas estão aqui, atrás do quadro“, decide-se a revelar César, vencido pela insistência da filha.

O que eles não imaginam é que a conversa está sendo captada por Rebeca por meio da escuta plantada no quarto por Miguel (Nicolas Prattes). “Atenção! Prepara a equipe, já gravei uma confissão. Podem seguir pro destino. Urgente!“, diz a delegada a seus subordinados.

Enquanto isso, um fornecedor de César chega ao local para exigir pagamento. “Você já teve o seu tempo. Cadê a grana?“, cobra. É quando Rebeca aparece com seus homens e dá voz de prisão aos três. “Polícia Federal! Armas no chão! Vocês todos estão presos!“, brada a ex de Miguel.