Amarrada numa carroça, Juliana é chicoteada: “Piedade”

Maria Isabel estimula que Zé Leão faça o serviço

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Escrava Mãe, após passar a noite acorrentada com Tito (Nill Marcondes) na senzala, ao amanhecer, Juliana (Gabriela Moreyra) será levada para o terreno do casarão, onde será chicoteada por Zé Leão (Marcello Escorel).

A escrava pagará injustamente após se defender de uma tentativa de estupro do homem. Juliana desferiu uma facada na barriga do capanga de Custódio (Antônio Petrin) após ser pega a força por ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Zé Leão a incrimina para Custódio, que ordena que ela pague pelo que fez. Ao ver a escrava sendo levada para ser chicoteada, Maria Isabel vai até o local e pega o chicote das mãos de Zé Leão. “São quantas chicotadas?“, pergunta ela, olhando fixamente para Juliana.

Ao olhar para trás e se dar conta de que vai apanhar de Maria Isabel (Thaís Fersoza), Juliana cai no choro e entra e desespero. “Não! Perdão!!“, pede ela, que está amarrada na roda de uma carroça velha.

Quando já está preparada, Esméria interrompe e diz que seu futuro marido chegou. Irônica, Maria Isabel diz: “Bem, não se poder ter tudo. O meu futuro marido não pode esperar”. Maria Isabel deixa o local, mas antes passa o chicote para que Zé Leão faça o serviço. Juliana apanha até desmaiar.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Escrava Mãe.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais