William Bonner critica tratamento precoce e não poupa Bolsonaro: “Problema para os médicos”

Reportagem de Ben-Hur Correia aprofundou o assunto

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista William Bonner voltou a incomodar apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (5). Durante a edição de hoje do Jornal Nacional, o apresentador da Globo enunciou uma reportagem sobre o tratamento precoce contra covid 19 e fez críticas a essa prática.

O laboratório Merck Sharp and Dohme, que fabrica o medicamento ivermectina, soltou uma nota em que declara que não existe base científica que indique efeitos terapêuticos desse medicamento contra a Covid-19 em estudos pré-clínicos“, explicou no ar o âncora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O laboratório declarou também que não existem evidências significativas de eficácia clínica em pessoas que contraíram o coronavírus. A ivermectina é indicada para o combate de verminoses e piolho também. A Anvisa já declarou que esse medicamento deve ser usado apenas para este fim, como consta na bula“, acrescentou.

O presidente Jair Bolsonaro e o Ministério da Saúde estimularam o consumo desse medicamento e de outros, que não têm eficácia, como um suposto tratamento precoce da covid. E isso acabou se tornando um problema adicional para os médicos na pandemia, como a gente vê na reportagem“, concluiu Bonner, passando, enfim, a bola para a matéria do repórter Ben-Hur Correia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio