Walcyr Carrasco fala de Bibi Perigosa e defende Maria da Paz: “Quero que seja inesquecível também”

Escritor lembra que público acolheu ambas

Publicado há 2 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escritor de novelas Walcyr Carrasco participou de uma live com Juliana Paes, uma de suas atrizes favoritas para protagonizar seus folhetins. A última foi Maria da Paz, a boleira de A Dona do Pedaço, sucesso de audiência no país. No entanto, os holofotes estão na atriz, agora, por causa de outra personagem.

Se trata de Bibi Perigosa, protagonista de A Força do Querer, escrita por Glória Perez, que volta ao ar, em formato de reprise, no horário nobre. Tudo por causa da pandemia do novo coronavírus, que paralisou as atividades nos estúdios de gravação de novelas da Globo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A expectativa é de que o público possa matar a saudade de uma das personagens mais queridas da carreira de Juliana Paes. E o autor Walcyr Carrasco decidiu defender a personagem que ele mesmo criou para a morena.

Juliana Paes como Maria da Paz e Bibi Perigosa, respectivamente (Fotos: Divulgação/ Globo)

“Eu quero que a Maria da Paz seja inesquecível também. Ela era toda trabalhada na bondade, na generosidade, porque a Bibi era perigosa. O público acolheu e aceitou as duas”, disparou ele, enaltecendo também sua criação.

Na conversa, ele ainda falou sobre as críticas que Maria da Paz recebeu por não perceber a maldade da filha Josiane, interpretada por Agatha Moreira. “As mães não percebem quando os filhos vão para o lado ruim. Elas são as últimas a perceber, elas não querem enxergar”, explicou o escritor.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais