TV Brasil lança programete em homenagem aos 80 anos do Repórter Esso

Comunicador Antônio Carlos faz participação na homenagem ao primeiro noticiário de radiojornalismo

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para recordar os 80 anos de estreia do Repórter Esso, primeiro noticiário de radiojornalismo do país, transmitido originalmente a partir de 28 de agosto de 1941, a TV Brasil lança um interprograma temático neste sábado (28), nos intervalos da programação da emissora pública.

Na produção de curta duração, com um minuto, o radialista Antônio Carlos, comunicador do Rio de Janeiro, destaca a credibilidade e a importância do Repórter Esso para os ouvintes e a sociedade. A atração jornalística fez história nas ondas da Rádio Nacional e, depois, ainda ganhou a telinha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com slogans inesquecíveis como “O primeiro a dar as últimas” e “Testemunha ocular da história”, o programa marcou época e atravessou gerações. Pioneiro, o Repórter Esso não se limitava a ler as matérias recortadas dos jornais impressos e serviu de modelo para outras produções noticiosas.

Durante a peça, gravada com exclusividade por Antônio Carlos, que inclusive atuou como locutor na Rádio Nacional no início da carreira, nos anos 1950, o comunicador ressalta a presença de personalidades do jornalismo no Repórter Esso.

A homenagem resgata nomes de relevância na trajetória da produção, como Heron Domingues. Ele foi o responsável por parar o Brasil para ouvir as últimas notícias do momento como o suicídio de Getúlio Vargas, em 1954, entre outros furos de reportagem.

O programete Repórter Esso – 80 anos de Jornalismo mescla material raro obtido no vasto acervo preservado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que faz a gestão da TV Brasil e da Rádio Nacional, com trechos dessa entrevista inédita de Antônio Carlos. O conteúdo fica disponível também nas redes sociais dos veículos públicos.

O especial foi concebido por Bruno Barros e Waldecir de Oliveira que assinam a direção do interprograma sobre o Repórter Esso. Em junho, os dois profissionais regravaram cenas da primeira radionovela brasileira, “Em Busca da Felicidade”, sucesso de audiência na Rádio Nacional, que então completava oito décadas. A trama pioneira da dramaturgia no país foi ao ar nas ondas da emissora entre 1941 e 1943.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio