Taís Araújo defende mulheres negras em mais papéis de destaque na TV

"Esse espaço também tem que ser ocupado por outras pessoas pretas"

Publicado em 9/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso nas novelas, séries e filmes, a atriz Taís Araújo luta para que outras mulheres pretas consigam chegar onde ela chegou e também defende a escolha delas para interpretarem mais papéis de protagonistas.

Em uma novela com o nome que hoje é considerado racista, Da Cor do Pecado, a esposa de Lázaro Ramos se tornou a primeira protagonista negra de uma novela da Globo em 2004. Em entrevista ao colunista Léo Dias, do portal Metrópoles, a atriz falou sobre essa representatividade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Existe esse espaço que ocupo e sou muito feliz, mas não acho que eu seja a única merecedora de estar nele”, afirmou a atriz durante o bate-papo. “A gente quer ter muitas protagonistas negras. A mudança não acontece com uma única pessoa, acontece quando impacta e tem espaço para todo mundo”, disse.

“Somos múltiplas”, disse Taís. “Esse espaço também tem que ser ocupado por outras pessoas pretas. Temos atrizes capazes, competentes, inteligentes, mulheres lindas que merecem ocupar esse lugar. Quando olho, sinto falta de ver outras pessoas até pra que eu possa também olhar e me identificar, como telespectadora”, afirmou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio